11 de outubro de 2021

Engenheiro Agrônomo destaca-se no agronegócio brasileiro!

O setor agropecuário é capaz de abastecer o consumo interno e garantir ao Brasil a terceira maior produção agrícola do mundo, atrás apenas da China e dos Estados Unidos. Grande parte do sucesso da agricultura brasileira está desempenhado pelo engenheiro agrônomo. É ele quem cuida do manejo de diferentes culturas e consegue planejar o cultivo de forma a garantir uma produção otimizada, indicando tecnologias e conhecimentos cientificamente embasados para gerar mais eficiência e produtividade no campo. De acordo com o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), atualmente, estima-se que o Brasil conte com cerca de 150 mil engenheiros agrônomos focados em atender as necessidades dos produtores.

Segundo Wladimir Chaga, presidente da BRANDT do Brasil, empresa norte-americana especialista em fisiologia, nutrição vegetal e tecnologia de aplicação, presente em mais de 65 países e com forte atuação no Brasil – é impossível haver uma agricultura profissional, competitiva, mais sustentável e que tenha rentabilidade sem a presença de um Engenheiro Agrônomo. “É fundamental o papel de bons profissionais que atuam neste segmento, buscando as melhores condições para cada tipo de solo, o melhor tipo de fertilizante, a recomendação para soluções adequadas para o controle de doenças e a orientação do melhor adjuvante para determinada ocasião. O manejo integrado coordenado pelo engenheiro agrônomo faz com que a agricultura brasileira tenha a sua posição destacada no mercado global”, afirma o executivo.

Chaga lembra que durante a pandemia, o agronegócio não parou e, alinhada com as demandas, a BRANDT do Brasil ampliou seu time na área técnica e em novos negócios. “Implementamos uma estratégia para estarmos cada vez mais próximos dos agricultores e temos acompanhado a contribuição do setor para a economia brasileira, sintonizada com seu papel em fortalecer a crescente produção de alimentos com impactos na geração de empregos e de renda”, diz.

A agricultura e a preservação do meio ambiente
Wladimir destaca que a agricultura tem que ser sustentável, viável e tecnológica, tripé para o sucesso do agronegócio. “E, nesse cenário, o engenheiro agrônomo acredita na ciência e no que é fundamental: a preservação do meio ambiente. O Brasil tem condições ideais para a melhoria da produtividade no campo com as tecnologias somada à preservação o meio ambiente”, observa. Dentre os fatores da produção agrícola, os fertilizantes oferecem resposta rápida no aumento de produtividade, contribuindo para reduzir a erosão e a emissão de gases do efeito estufa. Segundo dados da Associação Internacional de Fertilizantes (IFA), a demanda por fertilizantes no mundo deve chegar a quase 200 milhões de toneladas em 2021, o que significa um crescimento de cerca de 1,5% ao ano, a partir deste ano. Atualmente, essa demanda está em torno de 182 milhões de toneladas. Sem eles, estima-se que a produção global de alimentos cairia 50%, (IFA, 2020).

Além disso, os fertilizantes estão ajudando a garantir a sustentabilidade dos sistemas agrícolas e o agronegócio é um mercado que vai continuar crescendo, a demanda por alimentos vai continuar existindo.
Chaga ressalta que o mercado agrícola brasileiro vive em constante em alta, graças a esse avanço da agricultura no cenário internacional. “Nossas exportações irão crescer cada vez mais e o Brasil hoje é um grande celeiro deste mercado universal de produção de alimentos. Acredito veemente que teremos anos fantásticos daqui para frente e não consigo imaginar um horizonte de 10, 15 anos próximos, algum problema na agricultura, muito pelo contrário, teremos de conviver com outros mercados tendo dificuldades e a agricultura tentando trazer as soluções. A agricultura veio, está forte e vai continuar forte”, finaliza.

Wladimir Chaga é presidente da BRANDT do Brasil. 

BRANDT
A BRANDT do Brasil é uma subsidiária da norte-americana BRANDT, que atua desde 1953 no desenvolvimento de tecnologias e sua fabricação para diversas culturas. É especialista em fisiologia, nutrição vegetal e tecnologia de aplicação. Presente em mais de 65 países, com seu propósito de respeitar o investimento do produtor entregando resultados reais no campo por meio de suas tecnologias inovadoras, as quais estão disponíveis numa grande rede de distribuidores. Há seis anos no Brasil, com sede administrativa em Londrina (PR) e a fábrica em Olímpia (SP).

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.