8 de abril de 2020

Milho: B3 segue caindo – Safrinha promete

A quarta-feira (08) segue com tendência negativa para os preços futuros do milho na bolsa brasileira. As principais cotações caíam até 1,07% por volta das 12h08 (horário de Brasília). O vencimento maio/20 era cotado à R$ 47,30 com queda de 0,63%, o julho/20 valia R$ 44,21 com perda de 0,76%, o setembro/20 era negociado por R$ 43,14 com baixa de 0,87% e o novembro/20 tinha valor de R$ 45,30 com desvalorização de 1,07%.

O analista de mercado da Céleres Consultoria, Anderson Galvão, acredita que os preços de milho no Brasil entraram em uma tendência de queda a partir de agora, e recomenda que os produtores procurem negociações neste momento para aumentar a liquidez e refazer o caixa pensando no planejamento das próximas safras. Em seu boletim diário, a Radar Investimentos aponta que esta tendência de baixa nas cotações do milho ficou mais evidente nos últimos dias. “O aumento da disponibilidade do cereal vindo de algumas regiões, o alívio dos temores em relação ao novo Coronavírus no mundo e as boas condições para a safrinha são os fundamentos deste cenário”.

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.