Doadora Red Brahman da VPJ produz número recorde de embriões

A VPJ Agropecuária anunciou esta semana que uma importante doadora do plantel da raça Red Brahman, a VPJ Miss Shenya 921, produziu 68 embriões viáveis numa única coleta. O número é um recorde para animais da raça nas fazendas da VPJ e, segundo Diogo Poliselli, um avanço genético muito importante.

VPJ Miss Shenya 921 é filha do touro HK Polo 757 com a fêmea VPJ Miss Lunara 191 e é irmã própria de touros de central e recordistas de preços como VPJ Mr. Hard 926, VPJ Mr. Connan 835 e VPJ Mr. French 1039 – French foi campeão da prova do PNAT em 2018. “A coleta desses embriões é um avanço genético muito grande, pois podemos produzir filhos dela numa maior velocidade e ganhar mais tempo na produção. Assim avançamos mais rápidos com a chegada de um número maior de filhos positivos que melhoram a qualidade do rebanho”, explica Poliselli.

O sêmen utilizado em VPJ Miss Shenya 921 foi do touro VL Rojo Bravo 6/125 do plantel Santa Helena, dos Estados Unidos, maior criatório da raça Red Brahman do mundo. Segundo seus criadores, o touro Rojo Bravo 6/125 “impulsionará o uso de Red Brahmans na indústria de carne bovina nos Estados Unidos”. Rojo Bravo possui grande carcaça, umbigo corrigido e vem produzindo muito nos EUA onde grande parte de seus filhos está ganhando prêmios por onde passa.

O programa de seleção da VPJ Pecuária para a raça Red Brahman está direcionado à produção de touros superiores para rebanhos PO e para o cruzamento com fêmeas meio sangue europeu obtendo animais muito pesados com altíssima adaptabilidade e leite, contribuindo para a continuidade dos programas de cruzamento industrial.

PROGRAMA BRAHMAN BEEF – A VPJ Alimentos, em parceria com a Associação de Criadores de Brahman do Brasil (ACBB), lançou no início deste ano, o programa Brahman Beef – projeto que deverá estimular o cruzamento do brahman com fêmeas meio sangue europeu. A produção oriunda destes cruzamentos será a base do programa Carne Brahman Beef Premium que deverá chegar às gôndolas dos supermercados em meados de 2020.