22 de junho de 2024

Avanços e as principais tendências da pecuária leiteira

Nesta semana, aconteceu a reunião anual da Associação Americana de Pesquisa em Pecuária Leiteira (ADSA) em West Palm Beach, Flórida (EUA). Todos os anos, o evento reúne pesquisadores, produtores e especialistas do setor para discutir inovações e tendências na pecuária leiteira. Os temas abordados oferecem uma visão integrada dos desafios e oportunidades emergentes desse segmento. Um dos destaques foi o workshop sobre “Gerenciamento de Registros de Leite” que abordou os avanços tecnológicos que se conectam com a aplicação de inteligência artificial (IA) no setor leiteiro, destacando como sensores e algoritmos refinam programas de melhoramento genético e melhoram a eficiência operacional.Em paralelo, a sessão “Application of Artificial Intelligence to Dairy Systems” (em livre tradução, “Aplicação de Inteligência Artificial em Sistemas de Laticínios”) destacou como novas tecnologias impactam os sistemas leiteiros nos EUA. A inteligência artificial revoluciona áreas como alimentação de precisão, controle de qualidade na cadeia de fornecimento de alimentos e publicação de pesquisas, mudando significativamente a dinâmica da pesquisa e prática leiteira.

O simpósio “From Birth to Lactation” (“Do nascimento à lactação”) abordou a importância do colostro e da imunoglobulina G na saúde e desenvolvimento dos bezerros, conectando-se diretamente com as discussões sobre eficiência alimentar. Melhorar a nutrição desde o nascimento é essencial para a produtividade futura, e o avanço na eficiência alimentar pode reduzir os custos de produção, que representam uma grande parcela das despesas nas operações leiteiras. A sessão “Precision Components from Grass to Glass” (“Componentes de precisão da grama ao vidro”) explorou o impacto das inovações na produção e no processamento dos componentes do leite, ampliando o valor agregado em toda a cadeia produtiva. Essa discussão foi complementada pela análise dos efeitos sazonais na produção leiteira, destacada na sessão “Seasonality in the Dairy Production System” (“Sazonalidade no Sistema de Produção de Leite”). Compreender esses efeitos ajuda os produtores a implementar estratégias de gestão que maximizam a produtividade ao longo do ano.

O simpósio em homenagem ao professor Dr. Normand St-Pierre (PhD em ciências animais) destacou a importância da integração de estatísticas, nutrição e economia na pecuária leiteira. A abordagem multidisciplinar é essencial para resolver problemas complexos, e a adoção de novas tecnologias e práticas inovadoras são cruciais para o avanço da indústria. No geral, os desafios discutidos incluíram a necessidade de melhorar a eficiência alimentar e reprodutiva, integrar tecnologias avançadas para coleta e análise de dados, e adaptar-se às condições ambientais e sazonais. As oportunidades são vastas: a aplicação de inteligência artificial para otimizar a gestão e o foco crescente no bem-estar animal e na sustentabilidade ambiental. A convergência de inovação, ciência e prática promete transformar a indústria leiteira, garantindo um futuro mais sustentável e produtivo.

A Reunião Anual da ADSA trouxe discussões essenciais que prometem avançar o conhecimento e a prática na indústria leiteira. A integração de tecnologias avançadas, a diversificação genética, a melhoria da eficiência alimentar e o foco na sustentabilidade ambiental e bem-estar animal são temas centrais que moldam o futuro da pecuária leiteira. A Alta, líder mundial em melhoramento genético bovino, já oferece uma vasta gama de soluções inovadoras para a pecuária leiteira, e segue atenta às novidades do mercado.

Timotheo Souza Silveira é consultor Técnico da Alta Genetics Brasil.

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.