Wisium é destaque do “Danone Mais Sólidos”

As modernas soluções da Wisium, marca global da Neovia com foco em premixes, aditivos e serviços, têm contribuído diretamente para o aumento estratégico da produção da bovinocultura leiteira, associando uma melhor saúde do plantel, com maior incremento no teor de sólidos do leite.

De acordo com Sérgio Ribeiro, gerente de produtos de Ruminantes da Wisium, destacam-se, dentro deste contexto, as linhas Lateum para animais em lactação e Transi-up, voltada para animais em período de transição.

“As soluções Wisium fortalecem, diariamente, a nossa presença na bovinocultura leiteira, já que contribuem para os produtores aumentarem a rentabilidade pelo aumento na produção de leite e segurança na saúde dos animais”.  Durante o evento Danone Mais Sólidos, que ocorrerá nos dias 03 e 04 de outubro, em Poços de Caldas, a Wisium reforçará os diferenciais da Lateum e da Transi-up. “Teremos uma equipe altamente qualificada para tirar dúvidas sobre estas linhas e também para orientar os produtores de forma precisa”, explica o gerente de produtos de Ruminantes.

Parceria Estratégica – Guilherme Ribeiro, gerente de vendas da Wisium, destaca que a Danone e a marca global da Neovia têm uma parceria estratégica. “A Wisium e a Danone primam pela qualidade do leite, por isso estamos em total sinergia”. O gerente de vendas adianta que a Wisium fará uma promoção especial para os participantes do Danone Mais Sólidos. “Vamos oferecer algumas facilidades para este importante público adquirir as nossas modernas tecnologias, que contribuem para a produção de sólidos”.

Sobre a Wisium – A Wisium é uma das 4 maiores marcas de premix do mundo, com presença em mais de 50 países e 11 centros de nutrição e desenvolvimento tecnológico próprios. A marca adota o “Espírito Wisium”, que propõe a construção de soluções em produtos e serviços de forma colaborativa, sugerindo, ouvindo e acompanhando os clientes.

Sobre a Neovia – Uma das empresas líderes globais de nutrição animal, a Neovia tem faturamento anual global da ordem de 1,7 bilhão de euros. No mundo, a empresa conta com 8.300 colabores, 75 sites de produção e 11 centros de nutrição. No Brasil, a empresa tem faturamento de R$ 1,7 bilhão por ano, 13 sites de produção, 2.600 funcionários e 3 centros de nutrição.