Wisium destaca estratégias para reduzir custos

A Wisium, marca global da Neovia com foco em aditivos, premixes e serviços, reforçou a sua estratégia multiespécies durante a Feagro, a Feira e Exposição Agropecuária do Vale de Braço do Norte e Região, realizada em julho. Nos cinco dias de evento, a Wisium destacou estratégias nutricionais para reduzir custos de produção e melhorar a eficiência produtiva de suínos e bovinos de leite.

De acordo com Silvano Bünzen, Gerente de Produtos de Suínos da Wisium, o Sudeste de Santa Catarina é estratégico para a marca. “Na Região, há uma grande presença de suinocultores independentes. Durante o evento, tivemos a oportunidade de aprofundar os nossos conhecimentos sobre as dificuldades de produção e também ampliar o relacionamento. Os produtores de suínos são envolvidos com toda a cadeia de produção e pudemos orientá-los sobre pontos específicos”.

Sérgio Ribeiro, gerente de produtos de Ruminantes da Wisium, acrescenta que a Região tem uma grande concentração de gado Jersey de excelente qualidade, o que a torna ainda mais importante para a Wisium. “O modelo de negócio dos agropecuaristas é bem interessante. A maior parte deles investe tanto em suinocultura, quanto em bovinocultura de leite. O evento teve um público seleto, aberto a novas tecnologias e muito interessado em produtos de alta qualidade. Por isso, um dos destaques da Wisium foi o fomento das linhas Lateum para animais em lactação e Transi-up, voltada para animais em período de transição”.

Sobre a Wisium – A Wisium é uma das 4 maiores marcas de premix do mundo, com presença em mais de 50 países e 11 centros de pesquisa & desenvolvimento em nutrição próprios. A marca adota o “Espírito Wisium”, que propõe a construção de soluções em produtos e serviços de forma colaborativa, sugerindo, ouvindo e acompanhando os clientes.

Sobre a Neovia – Uma das empresas líderes globais de nutrição animal, a Neovia tem faturamento anual global da ordem de 1,7 bilhão de euros. No mundo, a empresa conta com 8.300 colabores, 75 sites de produção e 11 centros de nutrição. No Brasil, a empresa tem faturamento de R$ 1,7 bilhão por ano, 13 sites de produção, 2.600 funcionários e 3 centros de nutrição.

Fonte: Assessoria de Imprensa