30 de novembro de 2020

Vendas online crescem e omnichannel potencializa vendas de FFLV

Em um mundo que se digitalizou com rapidez na pandemia, a indústria de flores, frutas, legumes e verduras logo se adaptou ao varejo digital. No PMA Talks Brasil “E-Commerce: a vez do FFLV!”, Fábio Mori (Head Digital Full-Stack da Tatix) e Thiago Picolo, CEO do Hortifruti Natural da Terra, mostraram como a Covid-19 acelerou as vendas on line e apontou novos caminhos.

Reflexões de Fábio Mori
Fábio Mori, um dos mais importantes consultores e investidores de ecommerce, mostrou números interessantes: o Brasil passou de 58 milhões de econsumidores e faturamento acima de R$ 53 bilhões; a performance do primeiro semestre de 2020 foi 47% maior que em 2019, reflexo da pandemia; e os app de supermercados têm crescido e aprimorado os serviços, com CRM muito bom, assinatura prime e muita informação segmentada e/ou personalizada que motiva o consumo. “Hoje, eu aconselho para quem quer desenvolver vendas pelas plataformas digitais, que entenda os fundamentos de análise de dados, crie um Conselho Digital e invista em novos canais de vendas, até pelo whatsapp. O desafio é abandonar o que não deu certo, testar novos modelos e investir no que dá retorno. A ação digital tem que ser rápida e suprir a necessidade do consumidor, inclusive com entregas rápidas e modos de pagamento. Qualquer dificuldade, o consumidor acha outro e-commerce para suprir a demanda”

O pulo do gato é adequar a logística do FFLV. “Há potencial de crescimento absurdo no Nordeste, por exemplo, e o trabalho de entrega ao consumidor tem que ser fluído e os produtos devem estar frescos e atender a experiência do consumidor. Os app colocam todo mundo no mesmo jogo”. Fábio Mori sugere para a cadeia de FFLV que quer migrar para o digital: o varejista sabe o que fazer mas, ainda não sabe traduzir do físico para online, daí a importância de um Mentor da área. É preciso conhecer os processos internos e o perfil dos fornecedores e clientes para ter êxito. “Pensar no ecossistema necessita de conhecimento e coerência, para ser escalável. Assusta? Você deve pensar em faturar 30 dias em 1, como numa Black Friday”.

Reflexões de Thiago Picolo
Thiago Picolo, CEO do Hortifruti Natural da Terra, rede com 66 lojas, que atende 1,8 milhão de clientes por mês e conta com uma equipe de 6.500 colaboradores ampliou a operação online durante a pandemia, com o mesmo valor de atendimento personalizado, qualidade e frescor dos produtos. A empresa passou de 1% nas vendas online para 25% na pandemia. O ticket médio dobrou em relação à loja física e 70% em relação ao pré-pandemia. “O jogo está começando agora para nosso setor de hortifruti. Dentro da nossa casa, quem faz as compras somos nós, pois conhecemos os produtos e entregamos ao cliente as mesmas frutas, legumes e verduras como se estivesse comprando na loja. O E-commerce não está no centro da tecnologia, qualquer venda tem um cliente com necessidades e expectativas. Tem que atender do jeito que ele quer, e como ele quer. “Antes feito do que perfeito. É a forma do pensamento ágil”. No Hortifruti largamos rápido e vamos aprimorando as ações. Só os valores serão sempre os mesmos: nossa operação é atenciosa, personalizada. ”, diz Thiago. “O mundo do e-commerce no setor de FFLV é feito por feirantes e produtores que conhecem os clientes, não vêm do Vale do Silício. Fazer, experimentar e corrigir é vital”.

O PMA Talks de 24 de novembro foi patrocinado pelas empresas UPL e Vegetais Saudáveis e contou com apoio da ABRA.

PMA
A Produce Marketing Association é uma associação global de produtos agrícolas frescos e flores, fundada em 1949, com a missão de conectar os interesses das cadeias produtivas de frutas, flores, legumes e verduras. A entidade conta com 2.900 empresas associadas, 54.000 compradores e fornecedores, em 55 países de cinco continentes. No Brasil, a entidade conta com 96 associados (produtores, distribuidores, fornecedores de produtos/serviços e varejistas).

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.