Tortuga, marca da DSM, e os suplementos para bovinos

Especialistas da Tortuga®, marca da DSM, mostram todos os detalhes dos suplementos nutricionais que impulsionam os resultados da pecuária de corte e leite no 5º Copla Campo, de 25 a 28/2, em Piracicaba (SP).

As equipes técnica e comercial da Tortuga®, marca da DSM, atenderão os pecuaristas de corte e leite interessados em incrementar a produtividade do rebanho pelo fornecimento de suplementos nutricionais com tecnologias provadas em rebanhos de todo o País durante o 5º Copla Campo. O evento, a ser realizado de 25 a 28 de fevereiro, na Estação Experimental da COPLACANA, em Piracicaba (SP), reúne produtores e especialistas de vários setores do agronegócio, que visitam o espaço para conhecer as novidades e inovações que impulsionam os resultados no campo.

“A nossa participação em eventos de tecnologia no campo é muito importante para mostrar aos produtores as inovações que desenvolvemos e que já são provadas nos campos de todo o País, baseadas em tecnologias que geram resultados zootécnicos melhores aos animais e, consequentemente, trazem uma série de benefícios aos produtores em termos de rentabilidade”, comenta o gerente distrital da DSM em São Paulo, Olavo Carvalho.

Tecnologia nutricional eficiente para pecuária de leite e corte – A suplementação nutricional dos animais é um tema estratégico tanto para a produção pecuária de leite como de carne (corte), seja em sistema de pasto ou no confinamento. Para os bovinos de leite, os suplementos nutricionais da linha Bovigold® elevam a produtividade das vacas (até as que já têm alto desempenho) ao combinar os aditivos CRINA® e RumiStarTM aos Minerais Tortuga® e estão alinhados ao conceito OVN® (Optimum Vitamin Nutrition), uma linha de pesquisa da DSM que enxerga a suplementação vitamínica na perspectiva de desempenho. As soluções presentes no portfólio também maximizam a qualidade do leite, com efeito positivo no teor de sólidos e na quantidade de células somáticas presentes no leite. Além disso, promovem o aumento da ingestão de matéria seca, melhor degradação de fibras, proteínas e amido e reduzem os transtornos metabólicos (acidose).  A presença do CRINA® substitui os antibióticos na ração e permite aos laticínios se adequarem às normas para exportação para países que proíbem o uso da Monensina na nutrição animal.

Para os pecuaristas que produzem bovinos de corte em sistemas de pasto, a suplementação nutricional dos animais é importante tanto para época de águas como em seca. O fornecimento de nutrientes que ajudam a melhorar os índices zootécnicos evitam o risco de perda de peso do rebanho. Para este sistema de produção pecuária na atual época de águas, a equipe destaca três produtos da linha Fosbovi®: a) Fosbovi® Proteico 30 com Monensina, indicado para bovinos de corte em recria e engorda e é recomendado para potencializar o desempenho dos animais em pastagens de boa qualidade; b) Foscromo, indicado para animais em crescimento (recria) em pastagem de bom valor nutricional; e c) Fosbovi® Engorda, indicado para animais em terminação que contam com uma oferta adequada de pastagem de qualidade.

E, para os produtores que optam pelos sistemas de confinamento nos meses secos, a marca dispõe os produtos da linha Fosbovi® Confinamento CRINA® e RumiStar™. Com alta tecnologia aplicada à dieta, os suplementos da linha geram um ganho adicional de uma arroba a mais por animal confinado, em média, e contribuem para melhorar o acabamento e a conformação da carcaça, ao oferecerem uma associação equilibrada de macro e micronutrientes com os Minerais Tortuga®, além de vitaminas e aditivos naturais, como leveduras vivas (CRINA® e RumiStar™). Mas, além do ganho de peso, outros benefícios gerados no confinamento são melhor eficiência alimentar; redução de problemas digestivos, como o timpanismo; rápida adaptação dos animais; menor taxa de refugo de cocho; aumento do consumo de ração desde os primeiros dias de confinamento; e menor incidência de animais com laminites e acidose.

SERVIÇO

5º Copla Campo

25 a 28 de fevereiro, das 8h às 17h

Estação Experimental da COPLACANA (Rod. do Açúcar (SP-308), Km 157 (Piracicaba, SP)

Site: www.coplacampo.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa


Compartilhar:

Email Facebook LinkedIn Twitter Print

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira