Suíno Vivo: RS foi única praça a registrar queda na semana que passou

De acordo com análise do economista André Lopes, do Notícias Agrícolas, a única praça a sofrer alteração no mercado do suíno vivo esta semana foi o Rio Grande do Sul, que teve uma queda de 1,20%, ou R$ 0,04, estabelecendo seu preço a R$ 3,29/kg. O Indicador do Suíno Vivo Cepea/Esalq, referente ao dia 15, trouxe queda para a maioria das praças, com exceção de São Paulo, que se manteve estável a R$ 3,15/kg e Paraná, que teve alta de 0,33%, a R$ 3,02/kg.

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP visualiza que a carne suína segue se desvalorizando com força no mercado brasileiro e que as regiões acompanhadas pelo centro seguem se desvalorizando no suíno vivo. Para o Cepea, o “cenário que eleva a competitividade da proteína frente às principais concorrentes, bovina e de frango”.

Fonte: Notícias Agrícolas