15 de janeiro de 2020

Segundo caso de gripe aviária H5N8 na Hungria

Um segundo surto de gripe aviária foi encontrado em uma grande fazenda de patos no leste da Hungria, disse na quarta-feira (15) a Autoridade Nacional de Segurança da Cadeia Alimentar (NEBIH), dois dias após o primeiro caso no país em anos. A gripe se espalhou nos últimos dias na Polônia, Romênia, Eslováquia e Hungria. É uma cepa altamente patogênica do vírus que reapareceu na Polônia no início de janeiro.

O NEBIH da Hungria disse que o estoque completo de patos na fazenda, 115.000 aves, estava sendo abatido por suspeita do vírus, após a destruição de mais de 50.000 perus no início desta semana para conter a propagação da infecção. Ele disse que o vírus provavelmente está se espalhando à medida que as aves selvagens migram e contaminam as vias navegáveis ​​usadas pelas aves da fazenda.

A autoridade disse que essa linha do vírus era semelhante à de um surto em 2016 na Hungria. Ele disse que os produtos avícolas na Hungria são seguros para consumir. A Hungria também restringirá o transporte para conter o vírus, disse a autoridade no início desta semana, acrescentando que a cepa H5N8 até agora não havia causado infecções humanas na Europa.

Fonte: Reuters

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.