SBC Certificações inicia contatos para incentivar exportação de frutas pelo Brasil

Empresa manteve conversações com diversas entidades do segmento durante a edição 2019 da Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, a Hortitec 2019.

O Serviço Brasileiro de Certificações (SBC), empresa que trabalha na certificação de produtores de frutas e vegetais que desejam exportar para exigentes mercados internacionais, sob o escopo da certificação GLOBALG.A.P., iniciou entendimentos com várias entidades brasileiras do setor para ajudar a fomentar o conceito de vendas externas junto aos fruticultores brasileiros.

Os encontros ocorreram durante a 26ª Exposição Técnica de Horticultura, Cultivo Protegido e Culturas Intensivas, a Hortitec 2019, evento realizado no fim de junho no Parque da Expoflora, em Holambra (SP), a mais importante feira de negócios do setor de HortiFrutis da América Latina. A Hortitec reuniu quatrocentas e vinte empresas expositoras, trinta mil visitantes e alcançou mais de R$ 110  milhões em negócios.

O Responsável Técnico GLOBALG.A.P. do SBC, Matheus Modolo Witzler, conheceu o projeto “Caravana da Fruta”, que vai ser lançado pela Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas (ABRAFRUTAS) em setembro, no Centro de Excelência de Fruticultura da Confederação Brasileira de Agricultura e Pecuária (CNA) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), em Juazeiro (BA), no Vale do São Francisco. A iniciativa ainda tem a parceria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

“A demanda por frutas produzidas com a certificação GlobalG.A.P. é muito grande no mundo. Para a Europa, o GlobalG.A.P. é um selo fundamental para a comercialização. E, agora, também surgiu o vivo interesse de países do Oriente Médio, que é um novo e rico mercado. Por isto, entendemos que é vital incrementar uma cultura exportadora nos agricultores espalhados pelo país. Queremos montar novas parcerias em pelo menos trinta polos de fruticultura, atuar com associações e ajudar todos com incentivo, a um custo mais acessível para eles. E o SBC pode ser, perfeitamente, um destes aliados, já que trabalha com a certificação necessária para acessar mercados como a Europa”, explicou Eduardo Brandão, Diretor Executivo da ABRAFRUTAS.

A ‘Caravana da fruta’ vai promover quinze eventos no segundo semestre de 2019 e em 2020. E vai atuar em regiões produtoras do Nordeste, como Janaúba e o Oeste da Bahia, propriedades no Estado de São Paulo, como Valinhos e Vinhedo, além de polos situados em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. “Queremos promover palestras técnicas, Dias de Campo, debates sobre diversos desafios produtivos, de comercialização, logística e mercado. Levantaremos as principais demandas do produtor, questões envolvendo os cultivos, normas trabalhistas, de meio ambiente, tributos, armazenagem, embalagens e comercialização. E fazemos questão de auxiliar o produtor a conseguir a certificação GlobalG.A.P., já que é imprescindível para vender aos mercados mais exigentes”, completou Eduardo Brandão.

Para Matheus Modolo Witzler, o projeto é uma excelente iniciativa. A produção de frutas do Brasil emprega cinco milhões de pessoas, o país é o terceiro maior produtor mundial e ocupa de forma transformadora mais de 2,5 milhões de hectares, devendo atingir um Valor Bruto de Produção (VBP) neste ano superior a R$ 33 bilhões. “Queremos atender os clientes e estar ao lado deles no que precisarem. Os supermercados do mundo inteiro buscam produto diferenciado, de valor agregado, com certificação. A própria associação brasileira do setor (ABRAS) acaba de se associar ao GlobalG.A.P. Grandes player´s da fruticultura brasileira estão demandando certificação. O consumidor quer  saber o que está comendo, exige transparência em qualificações, novos protocolos. Seria ótimo estar ao lado da ABRAFRUTAS no sentido de orientar os produtores a prestarem serviços dentro dessa cadeia de fornecimento de alimentos para o mundo”, falou Matheus Modolo Witzler.

A certificação GLOBALG.A.P. foi criada há 20 anos para que os supermercados e as redes de varejo europeus tivessem um protocolo uniforme para a compra de produtos dentro e fora do continente, seguindo requisitos sociais de segurança alimentar, proteção ambiental, fomentando uma agricultura segura e sustentável. Hoje, existe em mais de 160 países e é o de maior abrangência em alimentos frescos, produção animal e aquicultura.

Em Holambra, o assunto também foi destaque durante apresentação do Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Diniz Junqueira, que anunciou a criação de uma Câmara Estadual Setorial das Frutas e participou do lançamento do Programa Fresh Brasil, dirigido para o setor de frutas, flores e hortaliças. “Temos que ir atrás dos mercados antes de produzir. É um novo sentido. Fazer o que é demandado pelos novos consumidores. Os orgânicos já oferecem esse caminho. É um espaço para crescermos, termos margens, produtos rastreados, certificados, com denominação de origem, advindos de parcerias comerciais prósperas. Queremos reunir autoridades, associações, produtores e operadores de logística para, juntos, abrirmos mais mercados externos para a produção brasileira do segmento”, concluiu o secretário Gustavo Diniz.

O Responsável Técnico Global Gap do SBC ainda aproveitou a Hortitec 2019 para conhecer novos negócios e discutir outros projetos com as associações de produtores de Alho e Batata. “Tivemos ótimas conversas e conseguimos marcar reuniões em Brasília para afinarmos mais nosso relacionamento e estruturar uma atuação que auxilie os agricultores desses setores a aperfeiçoarem as práticas de produção e atender o interesse de mercados no Brasil e no exterior”, concluiu Matheus Modolo Witzler.

Fonte: Assessoria de Imprensa