19 de julho de 2019

RTRS adere a acordo que vai ampliar a soja sustentável e a produção de baixo carbono em Sorriso (MT)

A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) aderiu a uma parceria fundamental que visa promover a soja responsável e a agropecuária de baixo carbono em Sorriso através de uma nova abordagem jurisdicional. O município de Sorriso, no estado do Mato Grosso, é o maior produtor de grãos do mundo. O objetivo do acordo é apoiar os agricultores e comerciantes que cultivam soja responsável na região e ajudar a desenvolver uma abordagem de mercado jurisdicional para avançar em direção à produção 100% responsável.

Produtores locais, representantes do governo estadual e grupos da sociedade civil em Sorriso assinaram recentemente um MdE para aderir à estratégia Produzir, Conservar e Incluir (PCI) do estado, por meio de uma produção inclusiva e lucrativa, acompanhada de crescimento econômico e redução de emissões de CO2. O Memorando foi assinado após 12 meses de engajamento com as partes interessadas locais, sob a liderança da IDH, Clube Amigos da Terra, CAT Sorriso e Natcap Soluções Sustentáveis.

Esses esforços terão o apoio da RTRS, uma iniciativa internacional multipartes criada em 2006 para promover a produção, o comércio e o uso responsáveis de soja.

Na segunda rodada de apoio ao PCI Sorriso, a RTRS assinou o MdE com a IDH e CAT Sorriso durante a conferência anual da RTRS (RT14) em Utrecht, nos Países Baixos, realizado em junho. O Padrão RTRS de Certificação da Produção, aprovado como uma das ferramentas da estratégia PCI, será fundamental para atingir os objetivos da estratégia.

Marina Born, Presidente da RTRS, disse: “Como plataforma global e multissetorial de soja, a RTRS comemora a adesão à estratégia PCI em Sorriso e apoia e promove fortemente as estratégias jurisdicionais envolvendo o setor público. Os governos subnacionais têm um papel fundamental, pois possibilitam e promovem iniciativas de alto impacto e sustentáveis dos pontos de vista social, ambiental e econômico”.

Steven Collet, Diretor de Operações da IDH, afirmou: “Estamos muito satisfeitos com a adesão da RTRS à estratégia PCI em Sorriso e ansiosos para trabalhar com uma organização com 14 anos de experiência na condução da cooperação público-privada e criação de uma cadeia de suprimento responsável para a soja. Essa colaboração vai nos ajudar a promover a responsabilidade em Sorriso por meio de uma abordagem jurisdicional, chegando até o mercado e os consumidores europeus e aproximando-nos, assim, de uma produção responsável em escala. A participação da RTRS é um passo importante para o Brasil e um importante precedente para outras cadeias de suprimentos do mundo inteiro”.

Sobre a RTRS – Fundada em 2006, a Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) é uma organização internacional pioneira formada pelos principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil. Os atores dessas diferentes áreas se reúnem em torno de um objetivo comum, garantindo o diálogo e a tomada de decisão por consenso. A missão da entidade é promover o uso e o crescimento da produção sustentável de soja e, por meio do Padrão RTRS de Produção de Soja Responsável, aplicável mundialmente, garantir uma produção ambientalmente correta, socialmente adequada e economicamente viável. É hoje o sistema mais confiável e avançado do mercado de soja brasileiro para alcançar a sustentabilidade. Atualmente, a RTRS conta com mais de 180 membros dos países do mundo inteiro. Os princípios e critérios da RTRS são considerados um padrão multipartes que garante o Desmatamento Zero na produção de soja responsável. www.responsiblesoy.org/pt.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira