Rizobacter e Dow lançam  Rizospray Integrum 

Aliando alta tecnologia e performance no campo, a Dow Chemical e a Rizobacter trazem ao Brasil um produto exclusivo capaz de controlar as plantas daninhas na lavoura, um problema recorrente e que prejudica a produção agrícola nos quatro cantos do país.

O adjuvante Rizospray Integrum é um óleo premium combinado a uma solução inovadora, cientificamente desenvolvida com 6 moléculas surfactantes à base de óleo vegetal, formando uma emulsão termodinamicamente estável para acompanhar os graminicidas.

Diferente das demais formulações existentes no mercado devido a sua capacidade de formar uma microemulsão, outro grande diferencial do Rizospray Integrum é a perfeita homogeneização da calda, formando uma mistura completa entre óleo e água, o que nos produtos similares isso não acontece, e em no máximo 30 minutos as fusões se separam.

Com capacidade translocante, penetrante e antievaporante estas características são fundamentais para aderência na planta. No campo a aplicação é simples sendo necessária apenas a mistura ao graminicida, e que auxilia o produtor a lidar com a recorrente dificuldade em combater ervas daninhas resistentes como, por exemplo, o Capim Amargoso (Digitaria Insularis), Capim Pé-de-galinha (Eleusine coracana) e Buva (Conyza bonariensis), malezas do sistema produtivo frequentes em solo brasileiro e que agora podem facilmente ser controladas

A parceria é resultado de cinco anos da união entre a Dow, que tem sede mundial nos Estados Unidos, e a Rizobacter, empresa com origem argentina e presente em mais de 30 países.

Para o desenvolvimento da tecnologia, a aliança teve início na Argentina, e o desenvolvimento completo durou três anos, divididos em dois estágios.  O primeiro em laboratório, onde a Líder Técnica da Dow, Roberta Godoy, desenvolveu com sua equipe múltiplas formulações. Na outra etapa, exercida pela Rizobacter, pesquisadores testaram 17 formulações de campo para alcançar a fórmula ideal, que conseguiu aumentar o desempenho do graminicida posicionado no controle de gramíneas resistentes ou tolerantes ao glifosato. “Este processo envolveu o melhor das duas empresas: a inovação, o profundo conhecimento químico e a capacitada estrutura laboratorial da Dow, com a experiência de campo e conhecimento prático da Rizobacter”, opina Roberta Godoy.

Na Argentina, o Rizospray Integrum já acumula duas safras de muito sucesso e agora que já teve seus testes também concluídos no Brasil, está pronto para ser lançado.

O Diretor Comercial da Dow, Gustavo Ricci, vê o mercado de adjuvantes em ascensão no país, justamente pela importância do agronegócio para a economia brasileira, e sua participação na produção mundial de alimentos. “Para seguir atendendo à crescente demanda, é preciso aumentar a produtividade no campo. Os adjuvantes são importantes neste contexto pois permitem o melhor controle das pragas através da potencialização do defensivo agrícola. Isso se traduz em mais resultados e melhores safras”, afirma.

O Gerente Geral da Rizobacter Brasil, José Cricco, destaca que o surgimento de ervas daninhas resistentes já é uma realidade por aqui e, com o passar do tempo, poderá se intensificar e atingir níveis mais sérios de controle, como nos EUA, Austrália e Argentina. “Os adjuvantes são uma ferramenta importante na qualidade da aplicação dos herbicidas, e por isso são e serão fundamentais para o agricultor no controle de plantas daninhas”.

Matias Santipolo, Responsável de Produtos Adjuvantes da Rizobacter Brasil, ressalta que 70% do sucesso de uma aplicação defensiva depende da qualidade desta aplicação e, neste sentido, os óleos e adjuvantes desempenham um papel muito importante. “São poucas as ferramentas disponíveis para o controle de gramíneas, o Integrum se torna uma proposta inovadora, pois é o único óleo desenvolvido especificamente para aumentar a eficiência de um grupo de moléculas”.

Na Argentina onde foi desenvolvido, o produto também está disponível para o produtor rural como “Sharper”, pela Corteva .

Sobre a Dow Brasil – A The Dow Chemical Company (Dow) combina conhecimento em ciência e tecnologia para desenvolver soluções pioneiras em ciência dos materiais que são essenciais para o progresso humano. A Dow possui um dos portfólios mais completos e abrangentes do mercado, com tecnologia robusta, integração de ativos, capacidade de escala e competitividade que a permitem endereçar desafios globais complexos. O portfólio de materiais avançados, intermediários industriais e plásticos da Dow, orientado para o mercado e líder na indústria, oferece uma grande variedade de produtos e soluções de base tecnológica diferenciados a clientes de mercados de alto crescimento, como embalagens, infraestrutura e cuidados do consumidor. A Dow é uma subsidiária da DowDuPont (NYSE: DWDP), uma holding composta pela Dow e pela DuPont com a intenção de formar três empresas fortes, independentes e de capital aberto nos mercados de agricultura, ciência dos materiais e produtos especializados. Mais informações estão disponíveis em www.dow-dupont.com.