Reunião do GERAR CORTE em Bonito mostra a força dos técnicos em IATF do MS

Grupo regional enviou quase 246 mil dados de protocolos reprodutivos aplicados no ano passado.

A terceira reunião do Grupo GERAR CORTE, realizada em 7 e 8 de agosto, em Bonito/MS, contou com a presença de mais de 90 pessoas, entre técnicos, palestrantes e convidados. Reunidos no Hotel Zagaia Eco Resort, os participantes receberam, em primeira mão, o novo relatório do GERAR 2019, que contém tabelas e gráficos com informações detalhadas sobre os resultados de protocolos de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) e a TETF (Transferência de Embriões em Tempo Fixo) da última estação de monta (2018-2019). Esses dados foram enviados pelos 251 técnicos integrantes do Grupo Nacional e compilados pela equipe do médico veterinário José Luiz Moraes Vasconcelos, o professor Zequinha, da UNESP/Botucatu-SP, universidade parceira do GERAR.

Na ocasião, também foram divulgados os números regionais do GERAR CORTE MS, com dados reprodutivos dos técnicos que atuam especificamente em fazendas de corte do Mato Grosso do Sul, além de Bolívia e do Paraguai. “Como previsto, os técnicos do MS foram responsáveis pelo envio de uma grande quantidade de dados de IATF, o que comprova o engajamento deste grupo regional”, ilustra o médico-veterinário Izaias Claro Junior, Gerente de Serviços Técnicos de Bovinos da Zoetis e um dos responsáveis pela coordenação das reuniões do Grupo.

“O Grupo foi responsável pelo envio de 245,9 mil dados de IATF referentes à última estação de monta, o que representou quase 18% do total de dados recebidos em 2019”. Ainda de acordo com Izaias, o Grupo do MS registrou um alto índice de contribuição no processo de levantamento dos dados de campo em todo o País – 90,5% dos técnicos locais enviaram os dados de IATF/TETF, acima da média nacional, que foi 86,1%.

Recém-chegado à Zoetis e presente pela primeira vez em uma reunião do GERAR, o Diretor da Unidade de Negócios de Bovinos e Equinos da Zoetis Brasil, José Paulo Peron, destacou a importância deste grupo de técnicos para o avanço da pecuária brasileira. “O propósito deste grupo é uma das iniciativas mais nobres que já vi na agropecuária”, disse. “Este espírito de partilha de dados é fundamental para a melhoria dos resultados reprodutivos e produtivos nas fazendas e para a continuidade do processo de evolução dessa atividade no Brasil”, completou.

Força do Centro-Oeste – A região Centro-Oeste é responsável pelo maior rebanho bovino do Brasil, contabilizando 74,1 milhões de cabeças, segundo dados do IBGE. O Mato Grosso Sul é uma das maiores referências na pecuária de cria do País, com um plantel total de mais de 21 milhões de bovinos, o quarto maior do Brasil, atrás de MT, GO e MG.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), no ano passado, o MS registrou o segundo maior volume de vendas de sêmen do Brasil, respondendo por 17% do mercado brasileiro, perdendo somente para o Mato Grosso, com 19% de participação. O Mato Grosso do Sul é um dos Estados brasileiros que mais utilizam a ferramenta da IATF, inseminando quase 20% de suas matrizes.

Agenda – As próximas reuniões do Grupo serão realizadas em Cuiabá/MT (21/8 a 23/8); Brasília/DF (28/8 a 30/8); Imperatriz/MA (04/9 a 06/9) e Belo Horizonte/MG (18/9 a 20/9).

Sobre o GERAR CORTE – O GERAR (Grupo Especializado em Reprodução Aplicada ao Rebanho) é um grupo qualificado de 250 técnicos, que trabalha e discute inovações e resultados referentes à IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) e TETF (Transferência de Embriões em Tempo Fixo). Os dados são coletados nas fazendas de gado de corte atendidas pelos técnicos, analisados pela equipe da UNESP-Botucatu-SP e apresentados nas reuniões anuais do grupo GERAR.

Sobre a Zoetis – Zoetis é uma companhia global líder em saúde animal, dedicada aos clientes e seus respectivos negócios. Com um legado de mais de 60 anos de história, a Zoetis descobre, desenvolve, fabrica e comercializa vacinas e medicamentos veterinários, complementados por linhas de produtos para diagnósticos, testes genéticos e diversos serviços. A Zoetis trabalha continuamente com veterinários, produtores e pessoas que criam e cuidam de animais de produção e de companhia em mais de 100 países, com cerca de 9 mil funcionários. Em 2018, obteve faturamento de US$ 5,8 bilhões de dólares. Para outras informações, acesse www.zoetis.com.br


Compartilhar:

Email Facebook LinkedIn Twitter Print

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira