Rally da Pecuária vai a campo em fase de alta

O Rally da Pecuária abordou, nos últimos anos, a importância da aplicação de tecnologia para sobreviver às quedas de margens. Em 2019, o foco será diferente. Apesar das incertezas econômicas que ainda rondam o país, as perspectivas de preços são favoráveis aos pecuaristas. No entanto, esse cenário impactará positivamente apenas aqueles com maior nível de tecnologia. Os produtores de menor aporte tecnológico – a maioria – permanecerão praticamente nas mesmas condições dos últimos anos. Por essa razão, a temática escolhida para a nona edição do Rally da Pecuária será: É tempo de colheita! A pecuária em fase de alta.

Tendências de mercado, estatísticas atualizadas e análises dos números da pecuária já com inteligência de mercado gerada pelo Rally serão discutidas durante eventos e oficinas realizados pela expedição. Exemplo disso é a dinâmica das áreas de pastagens e do potencial de produção de carne bovina nos trópicos que será antecipada na coletiva de imprensa.

A expedição técnica concentrará o roteiro em cerca de 50 mil quilômetros nas principais regiões pecuárias de 10 estados brasileiros. As equipes realizarão 8 eventos com pecuaristas e profissionais do mercado e estão previstas outras 14 oficinas da produtividade, encontros e debates com produtores e técnicos ao longo do trajeto. Sete equipes técnicas irão a campo entre os dias 1 julho e 6 de setembro e visitarão 10 Estados – Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Rondônia.  Entre os dias 6 e 12 de setembro, serão finalizadas as análises dos dados obtidos em campo, que irão compor os relatórios distribuídos ao setor.

O Rally da Pecuária é organizado pela Athenagro e pela Agroconsult e patrocinado por Corteva Agriscience, Ourofino Saúde Animal, Bellman Trouw Nutrition, Santander e Amarok / Volkswagen, com apoio do Webmotors e FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Fonte: Assessoria de  Imprensa

 

 


Compartilhar:

Email Facebook LinkedIn Twitter Print

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira