17 de junho de 2022

Raízen é valor aos produtores parceiros da integração Biosev

Companhia promoveu workshop para fornecedores a fim de incentivá-los a participar dos programas Cultivar e ELO, que foram criados para impulsionar os negócios, do plantio à gestão, além de apoiar o desenvolvimento sustentável.

A Raízen, empresa integrada de energia e maior produtora de açúcar e etanol do Brasil, tem incentivado cada vez a qualificação de seus fornecedores, por meio de sua oferta de valor integrada. Para tanto, a companhia realizou, em Ribeirão Preto (SP), durante essa semana, um encontro que reuniu produtores rurais e empresários do agronegócio brasileiro dedicados à produção de cana-de-açúcar, que atuavam em conjunto com a antiga Biosev, tanto no interior do Estado de São Paulo, quanto Minas Gerais, e agora são parceiros da Raízen.

Na oportunidade, a liderança da Raízen apresentou tendências e oportunidades de negócios, além disso, fomentou debates sobre o cenário econômico, as perspectivas do mercado de insumos, o cultivo sustentável da cana-de-açúcar e explicou os benefícios oferecidos pelos programas ELO e Cultivar. “O ELO e Cultivar nasceram para reforçar o compromisso com o produtor rural. São programas-irmãos, criados para ajudar os nossos fornecedores a evoluir e seguir crescendo. O Cultivar é um ecossistema de soluções que conecta pessoas e negócios para antecipar os desafios do setor sucroenergético, potencializando a produtividade, gestão e o conhecimento do seu negócio. Já o ELO tem como foco a melhor prática. Promovendo a melhoria contínua por toda a cadeia da cana-de-açúcar, contribui para a qualidade de vida de trabalhadores rurais, a preservação do meio ambiente e a prosperidade dos negócios, dentro e fora da lavoura. O resultado das iniciativas é uma cana produzida com mais eficiência e consciência. Para o produtor e para a sociedade. Porque sustentabilidade e desenvolvimento andam juntos”, explica Ricardo Berni, diretor de Negócios Agrícolas da Raízen.

Lançado em 2013, o Programa Cultivar da Raízen oferece soluções que dão suporte aos fornecedores, facilita o acesso a iniciativas de apoio à gestão, soluções financeiras e de redução de custo, além de estimular a eficiência e a produtividade de forma que todos cresçam em conjunto. Atualmente, cerca de 80% da cana-de-açúcar adquirida pela Raízen advém de produtores contemplados no programa — o que representa relacionamento direto com quase 10% do mercado nacional.

Um dos principais destaques do Programa Cultivar é o pool de compras, que amplia o poder de negociação dos fornecedores, além de desenvolver parcerias com diferentes empresas, para garantir os tratos do canavial a custos acessíveis. “A concessão de crédito e o pool de compras, que compõem do programa desde a sua criação, têm um papel fundamental nos empreendimentos agrícolas, permitindo o desenvolvimento sustentável local, aprimoramento da produção e a manutenção das propriedades rurais. Para se ter uma ideia, desde que iniciamos o Cultivar, já foram mais de R$ 1,3 bilhão em insu­mos, maquinários, equipamentos, uma série de iniciati­vas que fomentamos em nosso pool de compras e mais de R$ 500 milhões movimentados em crédito rural”, ressalta o diretor de negócios agrícolas da companhia.

Vale destacar que a Raízen também tem uma parceria com o Banco Santander para acesso de produtores a crédito rural, o que prevê financiamentos com teto de R$ 3 milhões por CPF e período de amortização de acordo com cada tipo de operação, podendo variar de 12 a 18 meses, nas linhas de custeio; e de até cinco anos no caso de investimentos. Outra iniciativa, que também está à disposição dos fornecedores parceiros da Raízen na região de Ribeirão Preto (SP), é o Programa ELO, que apoia produtores de cana-de-açúcar na transformação e melhoria contínua da gestão de seus cultivos para que sejam cada vez mais sustentáveis. Inédito na cadeia produtiva global de cana-de-açúcar, o programa é resultado de sólida parceria que estabelecemos com duas importantes organizações da sociedade civil: a Solidaridad e o Imaflora.

O ELO também é reconhecido pelo Padrão Bonsucro, principal certificação internacional para produção sustentável de cana-de-açúcar, como um programa alinhado aos seus princípios, critérios e indicadores de sustentabilidade e que endereça os valores do padrão, por meio da abordagem de melhoria contínua. Em 2021, o Programa ELO conquistou ainda o reconhecimento Farm Sustainability Assessment (FSA) pela plataforma Sustainable Agriculture Initiative Platform (SAI Platform), que ajuda a transformar a indústria ao incentivar o desenvolvimento de padrões agrícolas sustentáveis. Além disso, o Programa ELO já foi selecionado pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL – ONU) para compor um repositório de iniciativas transformadoras, capazes de contribuir com um modelo de desenvolvimento econômico mais sustentável e inclusivo.

Por meio do Programa ELO, observamos oportunidades de melhoria em cada lavoura para propor e planejar mudanças. Também contamos com um ecossistema de inovação e sustentabilidade, formado por nossos parceiros produtores de cana-de-açúcar, organizações da sociedade civil, empresas parceiras, associações de produtores de cana e outros importantes atores para que possamos seguir ampliando o impacto positivo, com foco em transformações consistentes na realidade de canaviais brasileiros, em busca de práticas mais sustentáveis com crescimento e longevidade.

“O Cultivar e o ELO são ofertas de valor para os nossos parceiros, mas o que nos motiva também vai muito além disso. Aqui na Raízen, nós temos um relacionamento muito próximo, de parceria mesmo, valorizamos o ‘olho no olho’ e buscamos ouvir os produtores. Encontros como esse reforçam a nossa transparência com eles e demonstram que realmente estamos prontos para apoiar o desenvolvimento sustentável de ponta a ponta”, destaca Berni.

Para o produtor de cana e vice-presidente da Assovale, José Odilon de Lima Neto, que se tornou parceiro da Raízen após a aquisição das unidades da Biosev na região de Ribeirão Preto, o 1º Encontro da Oferta de Valor Raízen, foi significativo porque estimulou discussões sobre assuntos da atualidade e mostrou como o setor está evoluindo. “A Raízen é uma empresa que está em constante evolução e que traz mais profissionalização para o setor, que é algo que todos nós precisamos. Até porque, os produtores que não acompanharem, vão ficar para trás. Então, essas ferramentas que ela oferece, a gente não vê em outras empresas. É um diferencial muito grande. Eu já conheci os programas Elo e Cultivar, pois tenho amigos que já fazem parte deles. Mas, agora estamos entendendo como realmente funciona e como teremos acesso”, pontua Neto.

Somos a Raízen
Referência global em bioenergia com um ecossistema integrado de negócios: desde o cultivo e processamento da cana em nossos parques de bioenergia, até a comercialização, logística e distribuição de combustíveis, investimos continuamente em inovação para redefinir o futuro da energia. Por meio de tecnologias avançadas, buscamos o protagonismo na transição energética, ampliando nosso portfólio de renováveis, como o etanol de segunda geração (E2G), o biogás, a bioeletricidade e a geração de energia solar. Desta forma, a Raízen já evitou 5,2MM de ton de C02 por ano no ambiente (ref. 2020) e, até 2030, tem como meta conter o dobro deste montante.

Com um time de 40 mil funcionários, operamos 35 parques de bioenergia, com capacidade instalada para moagem de até 105 milhões de toneladas de cana. Na safra 20´21 produziram 2,5 bilhões de litros de etanol e 4,4 milhões de toneladas de açúcar. Contamos cerca de 1,3 milhão de hectares de áreas agrícolas cultivadas com tecnologia de ponta com colheita mecanizada. Nossa capacidade instalada é de 1,3GW para geração de energia e produzimos na última safra 2,1 TWh de energia elétrica a partir da biomassa da cana.

Por meio de uma rede de revendedores de 7.300 postos que estampam a marca Shell no Brasil e na Argentina, atendemos milhões de consumidores diariamente em suas jornadas, oferecendo desde os exclusivos combustíveis da família Shell V-Power até praticidade e benefícios na hora do pagamento com o Shell Box. Pelo Grupo Nós (Joint venture com a FEMSA Comercio), atuamos no varejo de conveniência e proximidade com as lojas Shell Select e com os mercados OXXO.

Na safra 20´21 comercializamos 29 bilhões de litros de combustíveis e 7,3 milhões de toneladas de açúcar por meio de nossa infraestrutura de 69 bases de abastecimento em aeroportos, 70 terminais de distribuição pelo país e presença em 11 portos. Estamos entre as maiores empresas em faturamento no Brasil, com R$ 114,6 bilhões, na última safra, gerando emprego e renda, dinamizando a economia, e investindo em responsabilidade social via Fundação Raízen.

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.