O cliente em primeiro lugar

Respeito e honestidade são ingredientes essenciais para o sucesso da Casa do Pecuarista

Perder o emprego é, normalmente, uma situação muito complicada. Se por um lado, gera incerteza e insegurança com relação ao futuro, por outro lado, pode representar uma guinada pessoal e profissional. E foi isso o que aconteceu aos irmãos Saddi, no início dos anos 2000.

Fernando Machado Saddi havia acabado de pedir demissão de uma multinacional do ramo veterinário, na qual atuava como vendedor. Já Maurício Saddi, que também havia trabalhado na mesma empresa, estava desempregado. “Precisávamos, naquele momento, escrever uma nova página na nossa história, pois éramos mais jovens, motivados e cheios de energia”, conta Fernando.

Surgiu, então, a ideia de se tornarem empresários do ramo veterinário, ou seja, donos de revenda, uma vez que ambos conheciam bem o mercado e tinham ampla experiência comercial.

“Tentamos adquirir duas empresas naquela oportunidade, a Boiforte e a Casa Rural. Porém, não chegamos a um acordo comercial e preferimos montar a nossa própria revenda”, conta Fernando. Assim nasceu a Machado Saddi Produtos Agropecuários Ltda., conhecida como a Casa do Pecuarista.

Inaugurada no dia 20 de outubro de 2002, na cidade de Goiânia (GO), por Fernando e Maurício, a revenda começou as atividades trabalhando com um mix de produtos das empresas Bayer, Vencofarma e Belgo, que lhes proporcionaram “a sustentabilidade inicial”. E a sociedade ficou completa com a entrada do zootecnista Arthur Guimarães Fonseca, formação que se mantém até hoje.

Enfrentando a concorrência

Logo de saída, o principal desafio a ser contornado foram os concorrentes, pois, naquela época, existia na região um grupo de lojas – o Grupo 5 ou G5), que tinham centrais de compras e parcerias comerciais fortes e consolidadas com os principais fornecedores do setor. “Os laboratórios eram pressionados pelo G5 a não nos vender e, quando vendiam, comprávamos os produtos mais caros. Talvez este tenha sido o nosso maior desafio”, relembra Fernando.

Mas as adversidades foram, aos poucos, sendo contornadas. Ex-funcionário da Agroquíma Produtos Agropecuários e da Hoechst Roussel, Maurício Saddi levou para a revenda a experiência adquirida nessas empresas, quando visitava os pecuaristas da região, com o objetivo de vender principalmente endectocidas. “Em consequência deste excelente trabalho executado pelo Mauricio, quando montamos a loja, já tínhamos muitos clientes, que passaram a comprar os nossos produtos de forma imediata”, fala Fernando.

Valorizando o cliente

A revenda, então, começou a ganhar mercado, a se desenvolver e crescer. “Como consequência, as vendas foram aumentando dia após dia, pois a nossa metodologia de trabalho sempre foi tratar os nossos clientes como integrantes de nossa família”, ressalta.

O relacionamento próximo aos pecuaristas é destacado por Fernando como um dos fatores do êxito da empresa. “Desde o início, compreendemos que o sucesso dos clientes depende de uma boa orientação e do oferecimento de produtos e de serviços com excelente custo-benefício”, afirma.

Atualmente, o portfólio da Casa do Pecuarista é bem variado e inclui vacinas, produtos para a saúde e a nutrição animal, arames, adubos e selaria, entre outras opções. “Ou seja, somos uma loja completa, para atender os nossos clientes em todas as necessidades do campo”, informa Fernando, destacando a importância da parceria comercial com empresas como a Vallee, a Ceva-Hertape, a Agener União, a Belgo, a Fertigran, a Nortox e a Minerthal. “Sempre valorizamos os nossos fornecedores, pois, através deles, podemos levar produtos de qualidade e com orientações técnicas para os nossos clientes. Temos como lema e filosofia …a transparência. Acreditamos na parceria e, através desta, seremos cada vez mais fortes!”, afirma.

A loja também dispõe de um produto próprio, o suplemento mineral para bovinos Centrofós, lançado em 2009. “Faz sucesso entre os nossos clientes, pois oferece um excelente custo-benefício”, conta Fernando.

Treinamento contínuo

Com o objetivo de preparar os seus funcionários para atender com excelência os clientes, com informações precisas e inteligentes, a Casa do Pecuarista oferece qualificação e preparação constante.

“Nossa equipe de vendas recebe, todas as segundas-feiras, treinamento e capacitação, seja com a equipe técnica de nossos fornecedores parceiros, ou em cursos de técnicas de vendas executados por empresas terceirizadas. Assim, nosso time, formado por nove vendedores e um gerente comercial, fica cada vez mais preparado”, salienta Fernando.

E ressalta que a loja também dispõe de profissionais, como veterinário, agrônomo e zootecnista, para proporcionar orientações técnicas à carteira de 3.800 cliente, distribuídos pelos estados de Goiás, Tocantins, partes do Mato Grosso e do Pará.

Tecnologia

Para fortalecer a marca, a diretoria e os funcionários da Casa do Pecuarista participam de dias de campo, feiras e exposições. A empresa também realiza ações sociais e jantares de negócios na região, e investe em tecnologia, que, segundo Fernando, é um recurso de extrema importância para o negócio. “Temos uma central de inteligência que pesquisa as novidades do mercado, as tendências e o preço médio dos produtos por região. Também usamos a tecnologia com o intuito de aprovar os cadastros”, acentua.

Tendo como valores a transparência, a integridade na condução dos negócios e a honestidade com parceiros, baseado no compromisso com a qualidade e o respeito no relacionamento com seus clientes, funcionários e público em geral, a Casa do Pecuarista trabalha para ser referência no comércio agropecuário.

“Nosso compromisso é com a valorização do nosso cliente, contribuindo para o seu desenvolvimento, fornecendo produtos de qualidade e soluções práticas por meio de um atendimento personalizado, para que fiquem sempre satisfeitos”, finaliza o sócio-proprietário, Fernando Machado Saddi.