Nufarm participa da Reunião de Pesquisa de Soja da Embrapa

Principal fórum de pesquisas do complexo agropecuário da soja, encontro técnico de Londrina discute avanços e problemas da sojicultura brasileira

Uma das principais empresas do mercado brasileiro de agroquímicos, a australiana Nufarm participa esta semana da Reunião de Pesquisa de Soja (RPS), promovida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O encontro acontece em Londrina (PR) e tem como objetivo discutir e avaliar os principais problemas registrados na safra de soja 2016/17, com vistas à definição de prioridades de pesquisa agrícola e transferência de tecnologias para a próxima safra.

A programação do encontro abrange, em resumo, sessões plenárias e relatos sobre o manejo de lavouras nas diferentes regiões da fronteira agrícola da oleaginosa na última safra, além da apresentação de trabalhos técnico-científicos.

Segundo a equipe técnica da Nufarm, a RPS da Embrapa reúne os principais cientistas do País voltados à sojicultura. De acordo com a empresa australiana, trata-se de uma oportunidade para acompanhar o desempenho de agroquímicos utilizados na última safra e, com base nesse cenário, formular recomendações técnicas válidas para o próximo ciclo da cultura (2017-18), que se inicia no mês de setembro próximo.

A Nufarm Indústria Química e Farmacêutica atua há mais de 100 anos no mercado agrícola, oferecendo soluções inovadoras e competitivas para o produtor rural. Com sua sede em Melborne, na Austrália, possui um amplo portfólio de produtos e atende às mais diversas necessidades do campo. No Brasil, a Nufarm mantém uma unidade fabril no município de Maracanaú (CE), um escritório em São Paulo (SP) e oito centros de distribuição nos principais estados, além de representantes técnicos de vendas em todo o território nacional. www.nufarm.com/BR