Nufarm e Sumitomo fecham ciclo de estudos realizado em 340 campos experimentais da soja brasileira

Empresas pesquisaram a utilização do ingrediente ativo Flumioxazina na pré-emergência da oleaginosa e na dessecação da cultura no pré-plantio

A australiana Nufarm e a japonesa Sumitomo concluíram nos últimos dias a etapa 2017 do Programa Sumy, uma parceria estratégica que une às empresas no desenvolvimento de soluções para manejo de plantas daninhas na agricultura. Este ano, a iniciativa teve foco na utilização do produto ZethaMaxx®, composto pelos ingredientes ativos Flumioxazina & Imazetapir, no controle de ervas invasoras. Ao longo do ano, o Programa Sumy foi alvo de 340 campos demonstrativos montados na fronteira agrícola da soja brasileira.

De acordo com as empresas, desde janeiro último a execução do Programa Sumy mobilizou 312 profissionais especialistas em plantas daninhas, entre engenheiros agrônomos, representantes técnicos de vendas e do canal de distribuição, além de pesquisadores da área. Em paralelo aos campos experimentais, as empresas bancaram a realização de 352 dias de campo.

Para a Nufarm e a Sumitomo, o programa Sumy 2017 foi marcado, sobretudo, por avanços no conhecimento científico atrelado à aplicação de herbicidas pré-emergentes na soja. A Nufarm ressalta também que resultados igualmente relevantes tiveram registro no tocante ao manejo de plantas daninhas na dessecação da soja no pré-plantio, com suporte dos herbicidas Crucial®, U46® BR e Nuquat®.

O Programa Sumy 2017 contemplou ainda a transferência de tecnologia do herbicida ZethaMaxx®, da Nufarm. Este processo contou com a ajuda de um grupo de parceiros comerciais a agricultores de todo o território nacional, segundo informa o diretor executivo de marketing da Nufarm, engenheiro agrônomo Fernando Manzeppi.

Uma das empresas líderes do mercado brasileiro de herbicidas para pastagem, a Nufarm atua há mais de 100 anos no mercado agrícola, oferecendo soluções inovadoras e competitivas para o produtor rural. Com sua sede em Melbourne, na Austrália, possui um amplo portfólio de produtos e atende às mais diversas necessidades do campo. No Brasil, a Nufarm mantém uma unidade fabril no município de Maracanaú (CE), um escritório em São Paulo (SP) e oito centros de distribuição nos principais estados, além de representantes técnicos de vendas em todo o território nacional.