2 de março de 2012

Monsanto repassa R$ 3,8 milhões a pesquisas da Embrapa

Pesquisadores da Embrapa vão ter um apoio extra no início de 2012. Oito projetos voltados para o desenvolvimento sustentável da agricultura brasileira receberão, ao todo, R$ 3,8 milhões do Fundo Embrapa-Monsanto. O valor é parte do arrecadado em direitos de propriedade intelectual, a título de royalties, com a venda de variedades de soja da Embrapa com tecnologia Roundup Ready na safra 2010/2011.

A Monsanto já repassou ao Fundo de Pesquisa, de 2006 até este ano, mais de R$ 29 milhões que beneficiaram dezenas de projetos, em sua maioria em biotecnologia, de diversas unidades da Embrapa. Os trabalhos foram selecionados por um comitê gestor. As pesquisas são voltadas para culturas importantes no Brasil – milho, trigo, soja e arroz– e para solução de problemas que afetam a um grande número de produtores.

A manutenção de um fundo em parceria com uma instituição brasileira reforça o compromisso da Monsanto com o país. “A iniciativa abre caminho para o desenvolvimento de outras tecnologias que podem beneficiar o agricultor brasileiro”, diz André Dias, presidente da Monsanto do Brasil. “ Diante do crescimento da população mundial, acreditamos que podemos ser uma alternativa para suprir à demanda por alimentos e fibras. Esse feito só será possível com um esforço conjunto de clientes, governos, organizações não-governamentais, acadêmicos e indústria, para tornar a agricultura mais sustentável.” 

Para a Embrapa, a parceria com a Monsanto é estratégica. “Acordos como este, com foco na pesquisa agrícola e inovação, são fundamentais, e estão alinhados com as prioridades do governo, no sentido de reunir os setores público e privado no enfrentamento do desafio global de aumentar a produtividade agrícola de maneira sustentável”, completa o diretor-presidente da Embrapa, Pedro Antônio Arraes Pereira.

Projetos Beneficiados:
1.    Manejo da área de refúgio em milho Bt, visitantes florais e toxicidade de proteínas Bt em abelhas.
2.    Variação genética e de virulência de Magnaporthe oryzae do trigo e de Poáceas invasoras
3.    Melhoramento genético preventivo: introgressão de genes de resistência a Xanthomonas oryzae pv. oryzae em cultivares comerciais de arroz para sustentabilidade da rizicultura e minimização de danos causados pelo patógeno em sua eventual entrada no Brasil
4.    Obtenção de plantas GM tolerantes ao estresse hídrico com gene patenteado pela Embrapa – Prova de Conceito
5.    Engenharia metabólica de soja para a manipulação de genes associados a ácidos graxos.
6.    Desenvolvimento e Validação de Metodologias para Garantia da Qualidade, Segurança, Valor Nutricional e Detecção de Fraude em Leite e Produtos Lácteos
7.    Programa de desenvolvimento de linhagens de soja geneticamente modificadas com os genes Bt e RR2, concomitante à elaboração de um programa de contenção e rastreamento – ‘Stewardship’
8.    Desenvolvimento de estratégias para o aperfeiçoamento do sistema de manejo integrado da lagarta-do-cartucho

Sobre o Fundo de Pesquisa Embrapa-Monsanto

O Fundo de Pesquisa Embrapa-Monsanto foi criado na safra 2005/2006 com o objetivo de financiar projetos de pesquisa que busquem o desenvolvimento de soluções sustentáveis para os agricultores brasileiros.

Desde sua criação até 2011, já foram repassados mais de R$ 29 milhões para os trabalhos beneficiados, que são selecionadas por um comitê gestor que analisa a pertinência dos projetos com relação às linhas de pesquisan.

Os valores repassados envolvem o cálculo de percentual sobre parte do que foi arrecadado em direitos de propriedade intelectual, a título de royalties, pela venda de variedades de soja com germoplasma da Embrapa contendo tecnologia Roundup Ready® da Monsanto.

Sobre a Monsanto
A Monsanto é uma empresa voltada para o desenvolvimento de produtos com tecnologia de ponta na área agrícola – herbicidas, sementes convencionais e geneticamente modificadas – que investe anualmente mais de US$ 1 bilhão em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos. Está presente no Brasil desde 1963 e, no ano passado, faturou R$ 2,8 bilhões.

Sobre a Embrapa
Criada em abril de 1973, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tem como missão viabilizar soluções de pesquisa, desenvolvimento e inovação para a sustentabilidade da agricultura, em benefício da sociedade brasileira. Nas últimas três décadas, as pesquisas e tecnologias da Empresa e de seus parceiros resultaram em grandes transformações no agronegócio e na economia do Brasil.

Fonte: CDI Comunicação Corporativa

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.