Monsanto não teme disputas e mantém lançamento de soja resistente a dicamba

A empresa norte-ameriana de biotecnologia Monsanto planeja levar adiante seu cronograma de lançamento de sementes de soja geneticamente modificadas tolerantes ao herbicida dicamba no Brasil, apesar de uma disputa pendente sobre a patente de uma geração anterior da tecnologia. O lançamento depende de aprovações regulatórias na China e na União Europeia, e a Monsanto também precisa da patente brasileira para a nova biotecnologia, disseram dois executivos à Reuters. A empresa planeja começar seus testes agrícolas na safra 2019/20 e o lançamento comercial completo em 2021.

Fonte: Reuters