Lindsay mantém estratégia de crescimento na Bahia

Em parceria com a Pivot, a maior revenda do segmento na América Latina, empresa leva soluções em irrigação para a Bahia Farm Show.

Com o objetivo de potencializar a irrigação no País, onde o crescimento previsto é de 65% até 2024, a Lindsay América do Sul, segue firme sua expansão no Brasil. Uma das regiões de grande relevância para a empresa é a Bahia, onde se concentram grande produtores. Para estar mais próximos desses agricultores, ouvindo suas demandas, sugestões necessidades, a empresa recentemente firmou parceria com a Pivot Equipamentos Agrícolas, a maior revenda de pivô central da América Latina e que atualmente é responsável por cerca de 30% de todos os equipamentos instalados no Brasil.

Com o acordo, a Pivot passa a ser a distribuidora oficial da Lindsay Oeste da Bahia, um dos grandes polos produtores do Estado. Nesta região, com pivô central, as principais culturas são: soja, milho, algodão e café. “A Bahia é uma região muito importante para a Lindsay. Em termos de faturamento, representa algo em torno de 12% a 15% do faturamento da empresa variando de um ano para o outro. Por isso temos investido muito principalmente em tecnologia em acesso remoto aos equipamentos e gestão de água”, diz Leandro Preuss, engenheiro agrícola e supervisor comercial da Lindsay.

Todas essas tecnologias estão à disposição dos produtores que estiverem presentes na Bahia Farm Show, feira realizada em Luís Eduardo Magalhães, que começa hoje, 28 de maio e segue até 1º de junho. Entre os destaques está o FieldNET Advisor ™, a nova versão do consagrado mundialmente FieldNET, ferramenta de gerenciamento sem fio totalmente integrada.  A solução fornece informações precisas e objetivas ao produtor indicando o momento certo que a lavoura necessita de água, a quantidade, o local e ainda ter certeza que os pivôs estão operando como o programado, auxiliando o produtor na tomada de decisões.

De acordo com o engenheiro agrícola, a solução oferecida pela Lindsay é muito importante para a região, pois nos últimos anos os produtores baianos têm sofrido com estiagem dificultando o cultivo principalmente de soja, no Oeste Baiano. “Como no geral, é uma região de solo pobre onde é preciso fazer uma adição elevada de fertilizantes, sem a irrigação, esses produtos não têm efeito. A irrigação dá condições para que o produtor consiga aplicar o máximo de tecnologia na área no processo produtivo dele e colher satisfatoriamente de acordo com suas expectativas”, destaca Preuss.

Diferenciais da tecnologia – O FieldNET Advisor ™, proporciona ao produtor o suporte necessário para acabar com as dúvidas na hora de irrigar. Antes, essas informações estavam disponíveis em locais e dispositivos diferentes, o que não facilitava a atividade e ainda demandava mais tempo. Agora em um único mapa ou exibição em lista, já é possível visualizar os dados mais importantes de todas as áreas irrigadas, incluindo o esgotamento de água do solo, recomendação da próxima data de início da irrigação e lâmina a aplicar para evitar o estresse hídrico da cultura. Basta o produtor colocar o cronograma e as recomendações em ação com um simples toque no botão em um smartphone, tablet ou computador.

Sobre – A Lindsay América do Sul é subsidiária da americana Lindsay Corporation., e tem sua sede no Brasil, em Mogi Mirim-SP. Produz uma linha completa de sistemas de irrigação, representada pelas marcas ZIMMATIC, FIELDNET, GROWSMART e IRZ. Atuando na fabricação de pivôs centrais e distribuição de equipamentos agrícolas há mais de 55 anos e com matriz localizada Omaha, no estado de Nebraska a Lindsay tem sistemas de irrigação em operação em mais de 90 países. www.lindsaybrazil.com.

Fonte: Assessoria de Imprensa