Intergado tem primeira patente aprovada

A Intergado, startup que desenvolve e disponibiliza soluções de pecuária de precisão que melhoram a qualidade da informação e maximizam os resultados financeiros dos clientes – teve a sua primeira patente aprovada no início de fevereiro de 2019. Composta por uma plataforma de rastreabilidade e gestão para a bovinocultura, o direito de propriedade marca um grande ativo tecnológico para a empresa, em um mercado que está sempre em ascensão.

Idealizada pelo médico veterinário e zootecnista Marcelo Ribas, em conjunto com os empreendedores Tobias Soares e João Luiz Neves, especialistas nas áreas de propriedade intelectual e no desenvolvimento de soluções baseadas em IOT e telemetria de dados, a Intergado tem a intenção de transformar o agronegócio brasileiro e auxiliar os produtores de gado de corte na rápida tomada de decisão. Para isso, utiliza hardwares e softwares para aperfeiçoar os serviços alimentares e de engorda para os criadores de rebanhos e instituições de pesquisa, somando cerca de 97 clientes.

“Quando o projeto Intergado foi criado, em 2009, o Brasil tinha acabado de passar por um fechamento do mercado de exportação de carne e a alegação dos importadores era de que a nossa produção não transmitia segurança aos consumidores. Na época, já tínhamos a percepção de que a tecnologia poderia melhorar a produtividade do setor e foi nesse cenário que começamos a desenvolver soluções capazes de identificar eletronicamente os animais e registrar automaticamente informações zootécnicas”, explica Marcelo Ribas, sócio e diretor executivo da empresa.

Após anos desenvolvendo e testando equipamentos em fazendas de Belo Horizonte (MG), a Intergado tem em sua gama de produtos tecnologias voltadas para a produção de carne (Intergado Beef); Melhoramento Genético (Intergado Efficiency); e pesquisas (Intergado Science). Desde que recebeu o investimento do fundo CRIATEC 3, em junho do ano passado, a startup também entrou em evidência no ambiente de inovação, sendo cada vez mais procurada por empresas nacionais e multinacionais do agronegócio.

“Nosso foco sempre foi fazer a diferença na vida do produtor rural e tornar as decisões no campo mais ágeis e precisas, de forma acessível ao pecuarista. Ao mesmo tempo, nos preocupamos com o bem-estar animal: a partir de nossas soluções, identificamos precocemente animais doentes e conseguimos indicar o melhor momento para abate, potencializando o lucro dos produtores em até 30%”, finaliza Ribas.

Intergado – A Intergado foi idealizada para fazer parte da transformação do agronegócio brasileiro por meio de tecnologias de precisão que auxiliam os pecuaristas na tomada de decisão. Com as soluções disponibilizadas pela empresa, é possível acompanhar diariamente o peso e o comportamento de cada animal em todas as fases da criação, monitorar a saúde do rebanho, diagnosticando precocemente possíveis doenças, assim como promover o melhoramento genético dos animais para eficiência alimentar e desenvolver pesquisas.

Marcelo Ribas – Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005), Mestrado (2006) e Doutorado (2010) em Zootecnia pela Universidade Federal de Minas Gerais, Marcelo Ribas foi Diretor Técnico e Consultor no setor de Bovinocultura no Valor Orientações Agropecuárias (de 2008 a 2013); Bolsista RHAE – CNPq na Seva Engenharia Eletrônica S.A (2013 a 2016) e Sócio Fundador da Intergado, onde atualmente exerce a função de Diretor Executivo, coordenando os setores Comercial e Pesquisa e Inovação.

Fonte: Assessoria de Imprensa