IFC 2019 debate desafio de produzir proteína sustentável para alimentar o mundo em Foz do Iguaçu (PR)

A aquicultura é o setor de produção de proteína que mais cresce no mundo e um país que quer ser competidor global precisa definir foco e observar tendências. O International Fish Congress (IFC) vai reunir a cadeia do pescado para discutir exatamente essa sustentabilidade.

A Comissão Organizadora do International Fish Congress & Fish Expo Brasil, que vai ser realizado de 17 a 19 de setembro em Foz do Iguaçu, no Paraná, tem o papel de coordenar uma sequência de painéis que vão reunir a cadeia do pescado para discutir como tornar o Brasil um grande player mundial. Com a expectativa de reunir 45 conferencistas de 12 países e atores das principais entidades representativas da aquicultura e pesca, além de empresas brasileiras e multinacionais, são esperados mais de 1.500 participantes de todo o Brasil e países vizinhos.

A Diretora Executiva e organizadora de eventos do agronegócio Eliana Panty afirma que “há pelo menos duas décadas a aquicultura global cresceu a uma taxa impressionante de 5,8% ao ano. Na próxima década, todas as indicações mostram um crescimento contínuo, por isso a cadeia do pescado brasileira precisa traçar estratégias conjuntas e sustentáveis para garantir crescimento contínuo e sustentado baseado em demandas de mercado e atento às tendências”.

O evento vai reunir representantes de países consumidores e competidores das Américas Europa e Ásia para debater desenvolvimento e estratégias de mercado dos grandes produtores mundiais de pescados.  Na cerimônia de abertura do evento o Ex-Diretor Geral da FAO, José Graziano da Silva, vai apresentar a palestra “Estado atual e tendências em relação à Produção, Consumo e Comércio Mundial de Pescados. O Futuro do Acordo Reitor dos Portos.

Na cerimônia será entregue ainda o Primeiro Prêmio Nécton para personalidades do “Mundo das águas”, profissionais que atuam ativamente na cadeia do pescado em defesa dos interesses do setor. A premiação fará o reconhecimento de profissionais e entidades de destaque. Com o tema “Das águas à mesa do consumidor”, o IFC vai reunir a elite da aquicultura e pesca no coração da produção que mais cresce no país, em Foz do Iguaçu, PR, estado líder na produção de tilápias em tanques escavados.

Trending Topics – O IFC vai reunir empresários, produtores, pesquisadores, representantes de governos e entidades para discutir estratégias de como tornar o Brasil um grande competidor atuando em um mercado sustentável. Para isso, juntou um time de especialistas brasileiros e internacionais, que vão conduzir os debates. O Embaixador da Noruega, Nils Martin Gunneng, abre a programação no dia 18 de setembro, quarta-feira, com a palestra “Desenvolvimento e estratégias de mercado dos grandes produtores mundiais de pescados”.  Na sequência, Carlos Wurmann – M. Sc. Economics, Hull University, Reino Unido, e presidente Executivo do Programa Estratégico do Salmão Chile e consultor sobre mercados mundiais futuros completa a apresentação com um completo panorama de dois países produtores e exportadores.

Ainda no primeiro dia entre os hot spots está a discussão sobre “Tendências em relação ao consumo de pescados e as mudanças no processo produtivo: sustentabilidade, rastreabilidade e certificação” com a presença de representada da FAO e supermercadistas, especialistas em comportamento e tendências de consumo no Brasil e no mundo.

O painel sobre “Estratégias e Políticas para transformar o Brasil em um grande player mundial de pescados” vai reunir no mesmo palco os líderes: Jorge Seif Júnior, Secretário Nacional de Aquicultura e Pesca do MAPA, Eduardo Lobo, presidente da Abipesca, Francisco Medeiros, presidente Executivo da PeixeBr, Jorge Neves, Presidente do Sindipi, Eduardo Ono, presidente do Comitê de Aquicultura da CNA e ABCC.

Seminário Internacional – No Seminário Internacional de Aquicultura, no dia 19 de setembro, quinta feira, a programação abre com uma conferência que provoca questionamentos na cadeia produtiva “A Revolução Informacional e a Aquicultura 4.0. Estamos preparados?”, com o conferencista Felipe Matias, engenheiro de pesca com MBA em Gestão Empresarial, mestre em aquicultura e sustentabilidade e com doutora em Biotecnologia em Recursos Pesqueiros.

Com foco em inovações em nutrição, dois especialistas internacionais prometem esquentar os debates sobre “Tendências e Inovações em rações para peixes” com o especialista norte-americano, Spencer Lawson, manager, UP&C Technology at Wenger Manufacturing, EUA.

Focada nos desafios da produção em um país continental, com extremos de temperatura de norte a sul e estações com inverno rigoroso no Sul a palestra “Tilapia Season: ajustando o conteúdo da ração e o arraçoamento conforme a sazonalidade” será apresentada pelo conferencista Frederic Baron, da Neovia, na França.

Modelo da avicultura – Seguindo o exemplo dos temas inovadores de outras proteínas, como o da avicultura, o tema de alternativas e aditivos que impactam a qualidade da água e saúde nutricional vão ter destaque na palestra “Nutrição e meio ambiente para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no terceiro milênio”, ministrada pelo professor e pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), José Luiz Mouriño.

“Uma Nova Era no melhoramento genético da tilápia: seguiremos o caminho do frango?”. Este será o questionamento do conferencista Diones Bender Almeida, diretor de melhoramento genético da Genomar Genetics para a América Latina. Ele é mestre e doutor em zootecnia e desenvolve um programa exclusivo de genética de tilápia para a Aquabel em parceria com a Aquagen e Genomar. Na palestra será traçado um paralelo da evolução da genética na avicultura e os exemplos a serem seguidos ou não na produção de tilápia.

O evento reunirá todos os elos da cadeia produtiva em um só tempo e lugar com Congresso Internacional, Feira de Negócios, Rodadas de Negócios e Congresso Internacional. A feira de negócios será realizada nos dias 18 e 19 de setembro, das 14h às 22h. Com exposição de tecnologias e conhecimento por empresas e instituições públicas. “Preparamos um evento muito rico em conteúdo e conhecimento. E queremos provocar o debate das grandes questões que inquietam o setor. E que precisam de ações e medidas do setor público e privado”, destaca o presidente do evento Altemir Gregolin.

A programação reúne especialista brasileiros e internacionais com assuntos de interesse da cadeia produtiva, indústria e consumidor. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas no site www.internationalfishcongress.m.br. As inscrições têm os seguintes valores: até 05 de setembro, R$ 350,00 para profissionais e R$ 175,00 para estudantes; a partir de 06 de setembro e durante o evento, R$ 450,00 para profissionais e R$ 225,00 para estudantes.

International Fish Congress e Fish Expo Brasil

Data: 17 a 19 de setembro
Local: Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, Foz do Iguaçu, Paraná
Endereço: Av. Costa e Silva, 3500. Parque Pres. 1, Foz do Iguaçu, PR
Informações: http://www.internationalfishcongress.com.br/inicial

Fonte: Assessoria de Imprensa

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira