IDH participa do VII Seminário Soja Plus Brasil 2017

Projeto em parceria com Aprosoja e Abiove visa auxiliar na recuperação de APPs

Realizado em São Paulo/SP, no dia 23 de novembro, o VII Seminário Soja Plus Brasil 2017 reuniu representantes dos estados que implementam o Soja Plus – Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia – e apresentou os resultados do programa em seus sete anos de existência, sua evolução em 2017 e as metas para 2018.

O Soja Plus é um programa de gestão socioambiental e econômica da propriedade rural, idealizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), em parceria com a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove).

Um dos projetos apresentados durante o evento foi o de “Melhoria Contínua para uma Área de Abastecimento Sustentável”, lançado em parceria com a Iniciativa para o Comércio Sustentável (IDH) em julho e que tem como um dos objetivos apoiar a performance ambiental dos agricultores, auxiliando na recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APPs).

A IDH apoia o Soja Plus em seu pilar ambiental, com informações para os produtores que buscam adequação de suas propriedades em relação ao Código Florestal e como elo para tornar o programa no passaporte europeu da soja no Mato Grosso.

O projeto tem investimento de R$ 2 milhões e é destinado para 200 produtores de Sorriso e cidades da região.

Premiação – Durante o evento, foram premiados três produtores do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e da Bahia, cujas propriedades são consideradas exemplos de gestão econômica, social e ambiental. Participantes do Soja Plus, as fazendas apresentaram melhoras no desempenho de vários indicadores socioambientais neste ano.

No programa, supervisores de campo, de gestão contínua da propriedade rural, aplicam um check list para aferir o grau de aperfeiçoamento das práticas agrícolas de acordo com as legislações trabalhistas e ambientais brasileiras.

Novo estado – Foi anunciado no Seminário a adesão de Goiás ao programa Soja Plus. A primeira ação no estado foi no dia 27 de novembro, com uma visita técnica coordenada pela Abiove, em uma fazenda no município de Niquelândia, no norte do estado.

Palestra – Uma novidade neste ano durante o simpósio foi a palestra do chefe geral da Embrapa Monitoramento por Satélite, Evaristo de Miranda, sobre atribuição, ocupação e uso das terras no Brasil. Dentre os dados apresentados, Miranda mostrou que Mato Grosso tem 65% de sua área de 90 milhões de hectares preservada e, deste total, os produtores rurais são responsáveis por preservar 34%.
O evento foi realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).