2 de agosto de 2019

I Workshop Latam de regulatórios de nutrição

A Associação de Indústrias de Alimentação Animal da América Latina e o Caribe (FeedLatina) realizará no próximo dia 27 de agosto, em São Paulo, Brasil, o primeiro Workshop Latino-americano de Assuntos Regulatórios de Nutrição Animal. No evento, os participantes poderão conhecer, consultar e trocar informações sobre as normativas atuais e todos os processos exigidos em cada país da região sobre a indústria.

Serão mais de 7 horas de aprendizado e 10 conferências exclusivas com altos executivos de organizações como IFIF, Sindirações, oficiais das Agências Reguladoras da América Latina, entre outros. Além das autoridades de países como Peru, Argentina, Chile, Paraguai, Bolívia e Brasil, o evento contará com a participação de representantes da indústria.

“Estamos muito contentes de ter este espaço para discutir as normativas, perspectivas e casos da indústria da nutrição animal. O setor está crescendo e se diversificando por isso é importante entender o futuro e como são as perspectivas para que as regulamentações atendam a essa demanda na região Latino-americana” afirma Pablo Azpiroz, Presidente da FeedLatina.

O evento acontecerá no Hotel Holiday Inn Anhembi, a partir das 7:45 horas. Para mais informações, os interessado podem acessar o site:https://www.feedlatina.org/workshop-latinoamericano-de-asuntos-regulatorios-de-nutricion-animal/

A FeedLatina com sede em Montevidéu, Uruguai, trabalha para estimular o livre comércio no setor, entender as normativas em cada país e ser um canal entre as autoridades regulatórias e as empresas.

Sobre a FeedLatina – A FeedLatina é uma associação sem fins lucrativos de indústrias e entidades de nutrição animal da região latino-americana e Caribe. Fundada em 2007 em São Paulo, Brasil, e com sede atual em Montevidéu, Uruguai, hoje a organização conta com associados em vários países da região.  Procura promover a educação na cadeia de nutrição animal; desenvolver uma rede de articulação científica e profissional; equalizar demandas técnicas e regulatórias; além de estimular o comércio regional justo e entre blocos econômicos.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.