28 de janeiro de 2020

Exportação de frutas cresce 16% em 2019

O ano de 2019 foi de crescimento para a fruticultura brasileira, o setor alcançou a marca de 16% de aumento em volume e 8,5% em valor nas exportações de frutas. Foram exportados mais de 980 milhões de toneladas, comparados a 848 milhões, em 2018. Destaque para as principais frutas exportadas como  manga, com aumento de 30%, melão, 27%, uva, 19% e limão, 10%.  Melancia, banana e abacate também apresentaram crescimento considerável no volume exportado.

Com aumento 8,5%, a receita saltou de 790 milhões de dólares em 2018, para 858 milhões em 2019. Para a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), a perspectiva para este ano é manter este crescimento, alcançando assim o primeiro bilhão de dólares.

Este aumento, segundo o diretor executivo da Abrafrutas, Eduardo Brandão já era esperado, apesar dos desafios enfrentados, como as restrições fitossanitárias e a redução dos limites máximos de resíduos impostos pela União Europeia (EU), principal destino das frutas brasileiras exportadas.

“Apesar disso, as boas condições climáticas apresentadas no decorrer do ano foram favoráveis para este resultado, em 2020 acreditamos que o clima continuará a nos beneficiar. Agregado a abertura de novos mercados, a exemplo, do melão para China, estimamos alcançar nosso primeiro bilhão em exportação“, afirmou Brandão.

Vale lembrar que após visita técnica realizada por uma equipe da Administração Geral de Aduana da China (GACC) às fazendas produtoras de melão no Rio Grande do Norte e no Ceará, foram publicadas no site da GACC, na semana passada as medidas necessárias para as exportações de melão brasileiro para China e, em breve, a primeira carga deve chegar ao país asiático. A boa notícia é que os chineses, além do melão brasileiro, querem outras frutas, como uva, abacate e limão. Brandão afirma ainda que estão na mira do setor aumentaram as variedades de frutas para os Estados Unidos e o volume das exportações para o Oriente Médio.

Fonte: Abrafrutas

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.