4 de fevereiro de 2013

Embrapa lança cultivar de soja BRS 360 RR

Soja BRS 360RR - Foto: Sílvia Z. Borges / Embrapa.

Lançamento da Embrapa para produtores de soja na safra 2012/2013, durante o Show Rural Coopavel, em Cascavel, PR, a BRS 360RR promete cair no gosto do produtor, pois possui precocidade, alta produtividade, resistência ao glifosato e excelente sanidade. É recomendada para as regiões 201, 202 e 204 (do Norte e Oeste do Paraná ao Centro Sul e Sudoeste de Mato Grosso do Sul), possui grupo de maturidade relativa 6.2 (precoce) e hábito de crescimento indeterminado.

A cultivar é fruto de uma nova geração de cruzamentos desenvolvidos pela Embrapa, detentora do maior banco de sementes de soja tropical do mundo. Comparada com padrões de mercado, a BRS 360RR obteve resultados excelentes em rede de ensaio em várias regiões. Em Campo Mourão, por exemplo, o material alcançou a marca de 4.376 kg por hectares, contra 3.858 kg do concorrente de mesmo ciclo na região.

Além dos experimentos em rede de ensaios, a cultivar foi testada por produtores em campos de validação de 1 hectare e, na safra 2012/2013, escolhida para compor as Lavouras Expositivas, junto a produtores rurais, em 22 pontos nas regiões onde é recomendada. “É uma cultivar que apresentou um ciclo mais precoce do que outros materiais que estão mercado e que vêm sofrendo a necessidade de dessecação para a colheita, devido a presença de hastes verdes. É excelente para plantio bem cedo. Além disso, apresentou um bom desempenho mesmo nas condições adversas que ocorreram na safra 2011/2012”, ressalta Divania de Lima, da equipe de transferência de tecnologia da Embrapa Soja.

A BRS 360 RR tem boa sanidade, com resistência ao Cancro da Haste, Fitóftora, Podridrão Parda da haste, vírus do mosaico comum e nematóide Rotylenchulus. É moderadamente resistente ao nematoide Meloidogyne incognita, ao oídio, ao crestamento bacteriano, à pústula bacteriana e à mancha olho de rã e suscetível ao nematoide Meloidogyne javanica.

“A Embrapa está muito focada no desenvolvimento de cultivares de soja que aliem alta produtividade, ciclo precoce, semeadura antecipada e que tenham consigo resistência genética incorporada, o que protege o produtor e o meio ambiente. Temos que manter as lavouras brasileiras sadias, livres de doenças que já foram praticamente erradicadas, mas que possuem alto potencial de dano e que, com materiais vulneráveis, um dia podem voltar a causar prejuízos”, explica Alexandre Cattelan, chefe geral da Embrapa Soja.

A cultivar deve ser plantada preferencialmente em altitudes inferiores a 600 metros. A BRS 360 RR já está disponível para o produtor que estiver definindo o que irá plantar na safra 2013/2014. “Temos um bom volume de sementes em produção nesta safra, junto aos colaboradores da Fundação Meridional. É ver no campo e fazer o pedido”, informa Luiz Carlos Miranda, da Embrapa Produtos e Mercado.

Fonte: Agrolink com informações de assessoria

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.