DNCL Portas Abertas celebra sucesso do Sistema Campo Limpo no Oeste da Bahia

Onze escolas e quase mil alunos envolvidos. Os números são do Dia Nacional do Campo Limpo (DNCL) Portas Abertas, principal ação promovida pelas unidades de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas de Barreiras e de Rosário – ambas gerenciadas pela Associação do Comércio de Insumos Agrícolas (Aciagri) e pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), no Oeste da Bahia.

Instituído no calendário brasileiro em 18 de agosto, por meio da Lei Federal 11.657, o Dia Nacional do Campo Limpo já reuniu cerca de um milhão de pessoas de todo o Brasil, desde sua primeira edição em 2005. A data reconhece a importância do envolvimento de todos os elos da cadeia agrícola – agricultores, canais de distribuição, fabricantes e poder público – para o sucesso do Sistema, que tem o inpEV como núcleo de inteligência.

Na região, a ação aconteceu na sexta-feira (16) e contou com uma série de atividades socioeducativas, com destaque para visitação guiada nas unidades de processamento de embalagens vazias, área de recreação, minipalestras e gincanas educativas envolvendo os temas educação ambiental e segurança do trabalho. Na unidade de Roda Velha, a ação acontecerá na próxima sexta-feira, 23 de agosto, das 8h às 12h.

Além do tradicional Portas Abertas, as unidades ainda irão promover até final de agosto, outras quatro ações: o DNCL na Escola, organizado pelos professores das escolas do entono, com intuito de promover a conscientização ambiental junto aos seus alunos; o DNCL Universitário, que promove ações voltadas para estudantes de ensino médio e universitários; o Dia de Campo, evento responsável pela difusão de novas tecnologias e soluções sustentáveis entre agricultores; e a Ação Comunitária, que estimula o envolvimento da comunidade em práticas a favor do meio ambiente.

Para o presidente da Aciagri, Adilson de Campos, o Dia Nacional do Campo Limpo assume um papel estratégico na disseminação da cultura da responsabilidade socioambiental no Oeste da Bahia. “A promoção do DNCL se tornou um importante canal para reforçar junto às comunidades o trabalho do Sistema Campo Limpo e o compromisso da Aciagri em cuidar do meio ambiente e manter o campo limpo”, reforçou Adilson.

Aciagri – Entidade sem fins lucrativos criada no ano de 2003 pelos distribuidores de defensivos agrícolas do oeste baiano. Atualmente a entidade conta com 53 revendas associadas e gerencia três centrais Sistema Campo Limpo na região: Barreiras, maior do país em volume de recebimento; Roda Velha e Rosário – Considerada a terceira maior do nordeste do país, além de outros três postos de recolhimento: Panambi, Coaceral e Campo Grande, retirando anualmente, do meio ambiente mais de 3 mil toneladas de embalagens vazias, o que representa cerca de 90% de todo o material recolhido na região nordeste do país.

Sobre o Sistema Campo Limpo – O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Sobre o inpEV – Há 16 anos, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) atua como núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Fonte: ACIAGRI

 

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira