Conselho da Semagro trabalha projeto para incentivar o uso racional de defensivos em MS

O Conselho Estadual de agrotóxicos de Mato Grosso do Sul formou uma comissão para trabalhar na elaboração de uma proposta de capacitação do manejo integrado de pragas (MIP) e controle biológico. A ideia, segundo o Coordenador de Agricultura da Semagro, Fernando Nascimento, é incentivar o uso racional de defensivos no Estado, capacitando produtores e técnicos. Fernando explica que serão montadas unidades demonstrativas, com a finalidade de exibir a eficiência de técnicas mais modernas. “Até abril a comissão deve apresentar o projeto final ao Conselho”. Afirmou.

A reunião da comissão aconteceu na Semagro  e contou a participação  da ANDAV, Famasul, SENAR-MS, INPEV e IMASUL. A proposta de trabalho foi aprovada no Conselho no último dia 14 de fevereiro. Segundo o Eng. Agr. Antonio Luiz Neto Neto, executivo estadual da ANDAV no MS, o projeto será de fundamental importância, pois tem como publico alvo produtores e os técnicos que estão no campo, seja informando ou conscientizando sobre o uso correto e seguro dos agrotóxicos.

Criado em 2004, dentro da Lei que estabelece normas sobre o uso, a produção, o consumo, o comercio e o armazenamento dos agrotóxicos, seus componentes e afins, bem como a fiscalização de seu uso, consumo, comercio, armazenamento, transporte e destino final das embalagens, o Conselho Estadual de Agrotóxicos teve sua composição renovada na última semana. Com mandato de dois anos e a finalidade de apreciar e acompanhar o cumprimento da Lei, julgar os recursos interpostos e opinar sobre a política de agrotóxicos.

Fonte: ANDAV

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira