Circuito Nelore de Qualidade: bons índices de precocidade e peso na etapa de Nova Xavantina (MT)

A raça Nelore mostrou, mais uma vez, exemplos de sucesso da produção de carne de qualidade no Mato Grosso. Nova Xavantina (MT) recebeu pela primeira vez uma etapa do Circuito Nelore de Qualidade, iniciativa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), com apoio da Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso (ACNMT) e patrocínio da Matsuda Sementes e Nutrição Animal. Os resultados foram muito positivos, reforçando a força do estado na pecuária.

Ocorrido no frigorífico Marfrig, o evento proporcionou aos criadores de Mato Grosso a oportunidade de avaliar a qualidade produtiva do seu gado em termos de idade, peso e cobertura de gordura na carcaça. Do total de animais participantes (396), praticamente 100% (395) tinham de 0 a 2 dentes incisivos permanentes, sendo um resultado expressivo do Circuito Nelore de Qualidade em termos de precocidade.

“O resultado da etapa de Nova Xavantina do Circuito Nelore de Qualidade nos deixa extremamente otimistas com o atual estágio de seleção e desempenho da raça no Mato Grosso. A competição proporciona a oportunidade de avaliação minuciosa dos animais, o que também contribui para o fomento da produção de carne bovina de qualidade”, destaca Guilherme Alves, gerente de produtos da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e o responsável pela iniciativa.

Além da precocidade, a etapa de Nova Xavantina chamou a atenção em relação ao peso dos animais abatidos: 364 animais (92%) pesavam entre 18 e 24 arrobas e 334 (84,4%) tinham cobertura de gordura mediana e uniforme na carcaça. “A padronização desse nível superior de produção é o que desejamos para a pecuária brasileira”, analisa Guilherme.

Destaques da etapa: O vencedor da etapa de Nova Xavantina foi Aristarcho Gonçalves de Melo, que totalizou 10.625,52 pontos. A segunda e terceira colocações ficaram com o Condomínio Agropecuário Facchini, com 10.621,33 e 10.523,70 pontos, respectivamente.

“O Circuito Nelore de Qualidade é uma ferramenta importante para medir o nível da produção de nosso rebanho e até onde podemos chegar, tanto em âmbito regional como nacional. Os pecuaristas de Mato Grosso buscam cada vez mais touros provados, com carcaças de qualidade e genética de ponta, para multiplicar a boa genética. Pela análise que fizemos desta etapa, poderemos seguir um caminho de ainda mais sucesso, a fim de produzir carne diferenciada”, destaca Elysson Facchini, gerente de pecuária do Condomínio Agropecuário Facchini, segundo colocado da etapa. Como prêmio ao campeão da etapa de Nova Xavantina, o Grupo Matsuda ofereceu 1 tonelada de suplementos minerais a Aristarcho Gonçalves de Melo.

Para mais informações sobre o Circuito Nelore de Qualidade, acesse www.nelore.org.br; telefone (11) 3293-8900 e no e-mail guilherme.alves@nelore.org.br.