Opinião

Pé no chão, sim. Medo não.

Por Coriolano Xavier, Vice-Presidente de Comunicação do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Professor do Núcleo de Estudos do Agronegócio da ESPM. A exportação de uma tonelada de grãos gira em torno de US$ 430, atualmente, enquanto o embarque do mesmo volume de carne representa mais de US$ 1,7 mil. Olhando para o futuro, essa relação de retorno já demonstra ...

Leia Mais »

O acordo do clima: pedalar é preciso

A “teoria da bicicleta” ganhou popularidade na década de 70 em defesa do livre comércio entre nações. Ela explica que o mundo deve sempre remover barreiras comerciais, porque a ausência desse progresso resulta em protecionismo.O acordo climático assinado no último sábado, em Paris, foi como andar de bicicleta: o importante é continuar pedalando para não cair. Por essa razão foi ...

Leia Mais »

Mudanças climáticas e o agronegócio

Por Mariana Peetz Wedekin No último dia 05, o Diretor Executivo da Abag (Associação Brasileira do Agronegócio), Luiz Cornacchioni, publicou na coluna “Opinião” do Estadão um artigo a respeito das mudanças climáticas, dos compromissos assumidos pelo Brasil na COP-21 – a Conferência das Partes das Nações Unidas para Mudanças Climáticas, que vem ocorrendo em Paris desde a semana passada – ...

Leia Mais »

Psilídeo: inimigo número 1 da citricultura

O inseto é o vetor das bactérias que causam o greening, principal doença que afeta a citricultura Brasileira. Sua proliferação é alta e rápida, mas pode ser manejada Por Flavio Irokawa, gerente de marketing H&F da FMC Agricultural Solutions O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de citros, sendo o maior em laranjas, participando em cerca de 50% da ...

Leia Mais »

Brasil: agronegócio olímpico sob condições adversas

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, Comentarista da Rede Estadão. Agronegócio no Brasil é uma olimpíada disputada a cada ano. Só que sob condições incertas e adversas, nunca dentro de instalações para alta performance, e com regras que promovam o fair play. Saiu o PAP ...

Leia Mais »

Agricultura de precisão: a única alternativa para alimentar nove bilhões de pessoas

Por Dane Avanzi Até 2050, a produção agrícola deverá aumentar em 60% sua produtividade. Isso deverá acontecer porque a população mundial chegará a nove bilhões. Os números são da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura. Segundo o órgão mundial, será necessário que os países invistam aproximadamente R$ 128 bilhões por ano na produção e distribuição de alimentos. Hoje, ...

Leia Mais »

Dia do Boi: divulgue a pecuária!

Por Álvaro Peixoto, Engenheiro Agrônomo e Gerente de Marketing da Cargill – Divisão de Nutrição Animal. Está chegando o Dia do Boi, comemorado em 24 de abril, e pouco se ouve falar sobre essa data comemorativa. A comunicação nos dias atuais é um fator importantíssimo para gerar novos negócios, conhecimento, fortalecer marcas e aproveitar oportunidades, tanto na cidade como no ...

Leia Mais »

Crise hídrica afeta os preços do peixe no país que tem a maior reserva de água doce do planeta

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, Comentarista da Rede Estadão. Na Páscoa os peixes estarão mais caros. Peixe também é agronegócio, só aqui no Brasil que inventaram um Ministério da Pesca e Aquicultura, cujo atual ministro é o Helder Barbalho, filho do senador Jader Barbalho, ...

Leia Mais »

Os perigos de uma defesa fitossanitária sem gestão

Ultimamente ouvimos falar em novas pragas invadindo as lavouras brasileiras, um exemplo recente é o caso da Helicoverpa armigera. Uma praga que tem causado grandes prejuízos aos produtores de soja, algodão, milho, chegando até mesmo à pecuária. Quais seriam as razões? Muitos dizem que é o uso indevido de defensivos, outros afirmam ser a proibição de produtos que tinham efeito ...

Leia Mais »

Um instante, uma palavra

Quando iniciei minha carreira como palestrante, nos idos de 2003, eu tinha duas crenças muito claras. A primeira, de que uma apresentação, por mais organizada, envolvente e cativante que fosse, não seria capaz de “mudar a vida” de um participante. Sensibilizar, influenciar e até entusiasmar, sim. Porém, promover uma mudança capaz de alterar o curso da história de alguém, parecia-me ...

Leia Mais »