7 de outubro de 2013

Campeonato de Salto Nacional em Orlândia (SP)

O Concurso de Salto Nacional (CSN) chega a sua 17ª edição e acontecerá entre os dias 9 a 13 de outubro. O Centro Hípico Agromen localizado na cidade de Orlândia, no interior de São Paulo, receberá aproximadamente mil animais que disputarão em quatro categorias (4, 5, 6 e 7 anos) as provas de salto do Campeonato Brasileiro de Cavalos Novos. Além disso, serão leiloados 42 cavalos da raça Brasileiro de Hipismo e dois serão sorteados aos participantes do tradicional leilão Agromen.

A Guabi participa do evento apresentando sua linha de produtos Equitage e com uma equipe de profissionais que orientarão os criadores sobre a alimentação ideal para cada segmento.

É primordial oferecer uma dieta balanceada para suprir as necessidades do cavalo sem deficiências e excessos. A elaboração do programa alimentar deve levar em conta a raça do animal, temperamento, digestibilidade, clima, local de vivência (pastagem ou baias) e as condições físicas do animal.

Cavalos de hipismo são animais atletas que competem em provas como salto e têm como característica o exercício de alta intensidade em curto período de tempo, sendo fundamental oferecer um suprimento rápido de energia.“O principal substrato energético empregado é o carboidrato, proveniente principalmente do milho e da aveia. O óleo também é uma fonte energética importante e é bastante adotado durante o período de treinamento (condicionamento) para assegurar as reservas de glicogênio muscular, além da fibra que é essencial na dieta, embora não seja utilizada como fonte de energia no momento da prova de explosão” declara Claudia Ceola, médica veterinária e técnica de equinos do Grupo Guabi.

Já os cavalos expostos em leilão exigem, em determinados casos, de ajustes na dieta para que atinja o escore corporal ideal e a pelagem adequada. “A dieta deve ser complementada com alta energia digestível, priorizando o lipídeo como a principal fonte de energia, já que a utilização do óleo apresenta uma melhoria considerável na pelagem. Com o objetivo de aumentar a energia digestível, é indicada a introdução da alfafa na dieta, mas esta não deve ser substituída em todo volumoso” afirma Natalia Telles Schmidt, médica veterinária e assistente técnica de equinos do Grupo Guabi.

A ração Equitage Supreme é formulada para cavalos atletas, principalmente aqueles que participam de provas de explosão, nas quais necessitam de fontes energéticas de rápido aproveitamento, como tambor, baliza, maneabilidade e velocidade, dentre outras modalidades. É uma ração com multipartículas – Sweet Feed- com alta digestibilidade e palatabilidade. Formulada com 12% de proteína, 12% Extrato Etéreo e 4.045 kcal de energia digestível, com inclusão de óleo vegetal, minerais orgânicos (cromo, zinco, cobre e selênio), vitaminas (A, D, E e C), biotina (fortalecimento dos cascos), prebiótico, probiótico e aminoácidos essenciais como a lisina. A Equitage com Laminados foi desenvolvida para equinos adultos que realizam trabalho moderado a intenso e animais em início de treinamento.

Já a Equitage Polo é uma ração que possui níveis reforçados de minerais orgânicos; aminoácidos essenciais prebióticos e probióticos, que promovem povoamento microbiológico do ceco, favorecendo inclusive o funcionamento da flora intestinal. Apresenta em sua composição partículas extrusadas; milho laminado; maior inclusão de aveia laminada; óleo vegetal e melaço. Esta ração atende à demanda energética e todas as necessidades nutricionais dos equinos em programas de treinamento pesado. Mantém o animal em condição física, para que possa expressar todo o seu potencial genético.

A mineralização é de extrema importância. As perdas ocorridas, principalmente pelo suor, são significantes e, muitas vezes, não são repostas. Portanto, o sal mineral deve ser um dos componentes da dieta do equino, independente de qual fase ele se encontre (crescimento, reprodução ou trabalho). O fornecimento pode ser realizado direto na ração ou em cochos com livre acesso, para que o animal dose seu próprio consumo. A administração dever ser contínua. O consumo médio esperado para cavalos atletas é de 70 a 90g diários, já éguas gestantes e lactantes de 60 a 70g diários e para potros de 15 a 30g por dia.

O Guabiphos Centauro Cromo apresenta alta aceitabilidade pelos animais e contém componentes como o cromo orgânico, que propicia incremento de glicose no interior das células (por aumentar o número de receptores e potencializar a ação da insulina), o que resulta em maior aproveitamento de energia e aumento do tecido muscular. O cromo orgânico aumenta também a imunidade dos cavalos submetidos às situações de estresse por reduzir o cortisol, que tem ação contrária à insulina e exerce efeito supressor sobre o sistema imunológico.

Os teores adequados de cálcio e fósforo evitam anormalidades ósseas, principalmente em animais jovens e/ou submetidos às atividades físicas intensas. A ingestão de Guabiphos Centauro Cromo atua no combate de radicais livres – responsáveis pelo envelhecimento dos tecidos – mais frequentes em cavalos atletas, pois é enriquecido com vitamina E e ainda repõe os eletrólitos perdidos no suor durante o exercício.

Já o suplemento Equiturbo Energy fornece energia extra aos cavalos atletas, quando submetidos ao máximo do seu condicionamento físico. É um concentrado “extrusado” energético de rápida liberação de energia, alta digestibilidade e palatabilidade. A adição de carboidratos, óleo vegetal e melaço conferem uma interação perfeita na disponibilidade do equilíbrio energético.

Evento: 17º Concurso de Salto Nacional (CSN)
Data: 09 a 13 de outubro
Endereço: Centro Hípico Agromen
Rodovia Altino Arantes, Km 87, Orlândia (SP)

Fonte: LN Comunicação

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.