17 de janeiro de 2022

Brasil exporta 40,4 milhões de sacas de café em 2021

O Brasil exportou 40,372 milhões de sacas de 60 kg de café em 2021, faturando US$ 6,242 bilhões. O desempenho representa uma queda de 9,7% em volume e um avanço de 10,3% em receita. Os números são do relatório estatístico do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). É o terceiro maior volume embarcado na história e o mais rentável dos últimos sete anos. “Vivemos intensas volatilidades no mercado. As cotações evoluíram para perto de seus níveis históricos. Aliados a um dólar forte ante o real, são fatores que favoreceram o maior ingresso de divisas no Brasil”, analisa Nicolas Rueda, presidente do Cecafé.

“Vivemos um ano inteiro com impactos da Covid-19 e a capacidade dos nossos associados foi o que permitiu que o Brasil alcançasse o terceiro melhor desempenho em volume embarcado da história. Os exportadores nacionais foram resilientes e realizaram esforços titânicos, não se deixando vencer. Assim, após mais de duas décadas, e como alternativa, retomaram os embarques na modalidade ‘break bulk‘, com tecnologia moderna, via ‘big bags’, que supriu, em parte, a falta de contêineres”, acrescentou.

Em 2021, o Brasil exportou café para 122 países. Os Estados Unidos lideraram o ranking ao importarem 7,781 milhões de sacas, 19,3% dos embarques totais brasileiros no ano passado. A Alemanha vem em segundo. Depois, Itália, Bélgica e Japão. A Colômbia, terceiro maior produtor de café do mundo, foi o sétimo principal destino das exportações brasileiras do produto, comprando 1,158 milhão de sacas. O café arábica foi o mais exportado, com 32,655 milhões de sacas, 80,9% do total. O solúvel teve 4,032 milhões de sacas embarcadas e, depois, vêm canéfora (robusta + conilon) e o café torrado e moído. Os cafés diferenciados, que possuem qualidade superior ou algum tipo de certificado de práticas sustentáveis, responderam por 19% das exportações, com 7,669 milhões de sacas.

CECAFÉ
Fundado em 1999, o Cecafé representa e promove ativamente o desenvolvimento do setor exportador de café no âmbito nacional e internacional. A entidade oferece suporte às operações do segmento por meio do intercâmbio de inteligência de dados, ações estratégicas e jurídicas, além de projetos de cidadania e responsabilidade socioambiental. Atualmente, possui 120 associados, entre exportadores de café, produtores,

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.