Biogénesis Bagó: Grupo Reproduz + reúne especialistas em IATF/TETF

Evento realizado em Indaiatuba (SP) reuniu veterinários de diversos estados brasileiros para conhecer resultados de pesquisas e experimentos em reprodução de bovinos.

Um grupo de médicos veterinários especializados em reprodução de bovinos de diversos estados brasileiros estiveram reunidos em Indaiatuba (SP) nos dias 6 e 7 de julho para o encontro anual do Reproduz +, grupo idealizado pela Biogénesis Bagó para estimular a troca de experiências, coletar e analisar resultados, oferecer atualização técnica e diferenciação profissional.

“O grupo representa um volume importante de IATF – Inseminação Artificial em Tempo Fixo e TETF – Transferência de Embriões em Tempo Fixo feitas no Brasil. A técnica vem crescendo a cada ano e a troca de experiências proporcionada por encontros do Grupo Reproduz + contribui para que os veterinários possam aprimorar o seu trabalho e contribuir para a melhoria dos índices reprodutivos na pecuária brasileira”, analisa o gerente de serviços técnicos da Biogénesis Bagó, Reuel Gonçalves.

Palestras diversas foram proferidas por pesquisadores e profissionais como: Dr. Milton Maturana Filho – MF VetPlan – VRA/FMVZ/USP, Dr. Pedro Leopoldo J. Monteiro – Consultor Técnico ALTA Genetics, Dra. Roberta M. Ferreira Saran – VRA/FMVZ/USP, Dra Yeda F. Watanabe – Assessora Cientifica WTA / Vitrogen, MV João Abdon Santos – Eunápolis/BA, MV José Lauro Costa Jr – Jequié/BA, MV Charles Shutz – Cochin/MS, MV Gabriel de Baccho Jorge – Presidente Prudente/SP para veterinários oriundos do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Sergipe, Alagoas, Piauí, Pernambuco, Ceara, Rondônia e Acre.

“Participar do Grupo Reproduz + proporciona recebermos informações atualizadas sobre inseminação artificial em tempo fixo e resultados que vêm sendo obtidos em fazendas de diversas regiões do Brasil. Os resultados dos trabalhos apresentados no nosso encontro do ano passado ajudaram bastante na condução da última estação de monta, pois pudemos levar novas tecnologias aos produtores que atendemos, além de abrir a nossa visão de como trabalhar com dados, trazendo crescimento profissional a todos”, afirma o médico veterinário Milton Maturana Filho, da MF Vetplan, de São João da Boa Vista (SP).

Para o veterinário Arlam Silva, de Campo Grande (MS), que participa pela segunda vez do Reproduz +, a participação nesse “grupo tão seleto” traz inúmeras contribuições ao seu trabalho. “A troca de experiência com colegas que fazem o mesmo trabalho que eu em diversas regiões do Brasil dá uma segurança muito grande nas minhas decisões no dia a dia do campo. Aqui tenho contato com gente que realiza 20 mil IATFs. Diante disso, a acurácia das informações que recebo no Reproduz + são muito valiosas”, garante.

“O Reproduz + é uma iniciativa que tem se tornado a cada ano mais importante para a gente e se consolidou como um encontro de veterinários de campo em busca de tecnologia e de informações e, acima de tudo, troca de experiência entre o grupo. É um momento muito esperado que temos entre o final de uma estação reprodutiva e antes da próxima estação de monta em que podemos trocar experiências e receber informações de novos trabalhos realizados durante a última estação. A cada ano que passa está ficando mais bem feito, melhor elaborado, e mais importante para a gente que trabalha no campo e precisa do feedback dos resultados do nosso trabalho”, salienta o veterinário João Abdon Santos, do sul da Bahia, que participa do grupo desde o início há seis anos.

Sobre a Biogénesis Bagó – A Biogénesis Bagó é uma empresa líder nos principais mercados da América Latina, com projeção global, e comprometida com o desenvolvimento de soluções para a saúde e sustentabilidade da produção pecuária por meio da biotecnologia. A empresa desenvolve e comercializa produtos e serviços veterinários criados para garantir a saúde e melhorar a produtividade dos rebanhos bovinos de carne e leite. Conta com um portfólio de mais de 70 produtos e 650 registros em distintos países da America Latina, China e Ásia.

Com escritórios na Bolívia, Brasil, América Central, México e Uruguai, sua sede está localizada na Argentina, com fábricas em Monte Grande e Garín (província de Buenos Aires). No Brasil, conta com uma planta fabril na cidade de Araçoiaba da Serra (SP).

A empresa é a maior provedora de vacinas antiaftosa do continente, tanto que três em cada 10 vacinas antiaftosa aplicadas na América são produzidas pela Biogénesis Bagó. A capacidade anual de produção da empresa é de 200 milhões de doses de vacinas contra febre aftosa, 30 milhões de doses de vacina antirrábica e 100 milhões de doses de vacinas combinadas.

Em 2014 e 2016 foi nomeada pela revista inglesa Animal Pharm como a melhor empresa de saúde animal da América Latina.

Fonte: Assessoria de Imprensa