Agrofy inicia consolidação no Brasil

Meta da plataforma digital é ser o maior marketplace do agronegócio em 20 países até 2025. A agtech também já iniciou seu processo de expansão na América Latina.

A Agrofy, primeiro marketplace do agronegócio brasileiro, iniciou seu projeto de consolidação com o propósito de ser a maior plataforma digital de negócios do Brasil e em mais 19 países até 2025. Para isso, contou com um aporte inicial de aproximadamente US$ 11 milhões, vindo de investidores como Syngenta Ventures, Bunge Ventures, SP Ventures e Brasil Agro. Além disso, finalizará a rodada da Série B com um novo investimento de aproximadamente US$25 milhões, até novembro de 2019.

“A Agrofy reproduz o atual momento do agronegócio brasileiro”, destaca seu country manager no Brasil, Rafael Sant’Anna. “Somos uma empresa com DNA Agro, inovadora e dinâmica, que reflete o estado da arte da agricultura 4.0, pois une o agro, o digital e sua tendências (e-Agro), assim como a nova geração de produtores rurais”, completa.

Por enquanto, a plataforma da Agrofy está focada nas categorias de máquinas e implementos agrícola (como colheitadeiras e pulverizadores), veículos e máquinas pesadas (linha amarela) para o agronegócio, tanto novos quanto usados, de pequenos vendedores até as grandes empresas do setor, como a Mahindra e Stara. Até o final de 2019, o Marketplace do Agro também oferecerá insumos, sementes e até mesmo soluções de crédito e seguros rurais, dentre outras categorias de produtos e serviços relacionadas à atividade rural.

“A Agrofy conectará todas as etapas da cadeia produtiva do agronegócio, sendo um braço digital para as empresas, oferecendo mais opções de negócio, e um facilitador para o produtor, que busca cada vez mais a liberdade de escolha e agilidade no processo de decisão e compra”, explica Sant’Anna.

Sobre a Agrofy – A Agrofy foi fundada na Argentina, em 2015 por Maximiliano Landrein e Alejandro Larosa, sendo o primeiro marketplace para o agronegócio no país vizinho, no qual é a maior plataforma do digital voltada ao setor.

Em outubro de 2018, a empresa veio para o Brasil, sendo a pioneira na área, com o propósito de se consolidar no mais importante parque mundial do agronegócio, oferecendo em sua plataforma todos os produtos da cadeia produtiva, como sementes, insumos, equipamentos, serviços e até mesmo crédito rural.

Em 2019, a Agrofy iniciou seu processo de consolidação no País, expandindo seus serviços para outras nações da América Latina e México, além de estar mirando o mercado europeu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira