30 de agosto de 2013

AgroDetecta monitora riscos para a lavoura

Fazer uma espécie de radiografia completa de correlação entre clima, ocorrências e práticas de manejo ao término da safra. Esta é a proposta do AgroDetecta, o mais novo produto da plataforma de AgroServiços da Basf, que já está sendo comercializado através do sistema de assinatura.

Para o monitoramento, o serviço conta com 230 estações meteorológicas localizadas nas principais regiões produtoras agrícolas do Brasil, distribuídas em 10 estados e que monitoram cinco culturas (soja, milho, feijão, trigo e algodão) e 11 doenças com abrangência superior a 12 milhões de hectares/ano.

O serviço atende a todos os elos da cadeia e inclui produtores, distribuidores, cooperativas, equipes de assistência técnica, pesquisa, entre outros. Além do monitoramento de doenças, por meio dos modelos epidemiológicos, o AgroDetecta possui previsão do tempo para 10 dias (diária e de três em três horas), o que indica os melhores períodos para determinadas atividades dentro da propriedade como plantio e pulverização.

Todos os dados climáticos e de manejo podem ser armazenados no sistema. Com o uso do serviço tem-se um histórico inédito do ponto de vista climático, epidemiológico e operacional da área de produção.

Para a assistência técnica, além desse banco de dados, existe a possibilidade de envio de alertas automáticos via SMS de prováveis epidemias, com até 10 dias de antecedência, o que proporciona uma grande ajuda ao produtor no que tange sua operação e momento correto de intervenções na lavoura.

Outra funcionalidade de AgroDetecta é o clima em tempo real, com o qual se pode saber, a cada uma hora, quais as condições climáticas de cada uma das estações instaladas, o que também ajuda na tomada de decisão de qualquer operação na propriedade que tenha interferência do clima.

AgroDetecta é totalmente customizável para atender os diversos segmentos da cadeia, seja no tipo, escala da informação, e também de acordo com o nível de investimento determinado pelo usuário.

Fonte: Basf

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.