Adisseo reúne mais de 120 participantes na Polônia 

Nos dias 9 e 10 de Junho, antes do início do 22European Symposium on Poultry Nutrition (ESPN), a Adisseo ofereceu seu segundo Advancia Academy do ano de 2019.  O tema principal do encontro foi a variabilidade de ingredientes.

“A ração é a maior contribuinte para os custos da produção de proteína animal. Trata-se, portanto, da principal causa de incerteza e ansiedade de nutricionistas e formuladores de ração. Lidar com a variabilidade para preparar rações consistentes é o objetivo dos nutricionistas em todo o mundo”, comentou o Dr. Pierre-André Geraert, Diretor de Marketing Científico da Adisseo.

Dr. Gilles Tran, da Feedipedia & AFZ France, abriu esses dois dias mostrando a variedade de ingredientes disponíveis para a preparação de rações e o potencial para usar uma maior diversidade de matérias-primas do que as empregadas atualmente. Prof. Markus Rodehutscord, da Universidade de Hohenheim, Alemanha, ilustrou os fatores de variabilidade e a dificuldade de predizer o valor nutricional dos cereais e seus subprodutos. Utilizando uma ampla variedade de cultivares, mas cultivadas sob as mesmas condições de campo, é difícil de encontrar correlações significantes entre valores digestíveis e os parâmetros analíticos. Prof. Robert Swick (UNE, Armidale, Austrália) e Dr. Jan van Eys (Gans Inc., EUA & França) ainda documentaram a variabilidade de oleaginosas, particularmente os farelos de soja, mostrando que o valor de lisina digestível está pouco correlacionado com o teor de proteína bruta.

“O objetivo do nutricionista é garantir a melhor combinação de matérias-primas para melhorar a eficácia e a sustentabilidade das formulações de rações. Um melhor conhecimento da variabilidade permitirá minimizar as margens de segurança e reduzir os custos de alimentação – sem comprometer o desempenho técnico ou a saúde”, disse Dr. Pierre-André Geraert.

“A variabilidade da matéria-prima não é um problema… ela exige apenas que as melhores práticas sejam monitoradas e transformadas em oportunidades, para identificar estratégias destinadas a melhorar o desempenho e a otimização de custos. Não existem matérias-primas ruins… apenas matérias-primas avaliadas erroneamente e utilizadas de forma incorreta”, acrescentou Pascal Cerneau, que é Gerente de Serviços de Nutrição da Adisseo.

Este potencial para melhorar a monitoria da variabilidade dos ingredientes foi bem ilustrado pelo Dr. Rick Kleyn, da África do Sul, insistindo na ferramenta NIRS para se obter os valores atuais dos ingredientes recebidos pelos fabricantes de ração diariamente. A Dra. Natalie Morgan, da Universidade de New England, Armidale, Austrália abordou o potencial de enzimas suplementares para reduzir a variabilidade entre os lotes de ingredientes e dentro do lote de produção. Dr. Franco Calini (Tecnas, Itália), concluiu o seminário propondo estratégias de formulação para lidar com a variabilidade de ingredientes no dia a dia.

Este Advancia Academy também proporcionou aos participantes a oportunidade de trocar ideias e experiências sobre muitos problemas e soluções em seu contexto prático, durante workshops interativos.

Para abrir ainda mais as discussões, o Prof. Marc-André Selosse, do Museu de História Natural de Paris, França, mostrou como a microbiota intestinal desempenha o papel de remodelar os nutrientes para o aproveitamento do animal. A microbiota pode ser considerada como a porta de entrada para o organismo do animal, influenciando tanto os nutrientes quanto a saúde intestinal e, portanto, um potencial amortecedor da variabilidade entre os ingredientes.

Todos os vídeos das apresentações estão disponíveis no site www.feedchannel.online.

Sobre a Adisseo – A Adisseo é uma das líderes mundiais em aditivos para nutrição animal. Por meio de suas 10 divisões de pesquisa e plantas de produção, localizadas na Europa, EUA e China, a empresa desenvolve, produz e comercializa soluções em nutrição para uma alimentação animal sustentável.

A Adisseo tem 2.200 funcionários e graças a sua rede de distribuição global, atende mais de 3.900 clientes em mais de 110 países. A empresa é uma das principais subsidiárias da China National BlueStar, líder na indústria química chinesa com mais de 21.500 funcionários e um faturamento de 8.200 milhões de euros. Site corporativo: www.adisseo.com

Fonte: Assessoria de Imprensa


Compartilhar:

Email Facebook LinkedIn Twitter Print

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira