9 de dezembro de 2019

A Revolução dos Defensivos

Eles ajudam a alimentar bilhões de pessoas há anos e, hoje, modernizam as moléculas, estão mais sustentáveis e são a chave para a indústria cativar clientes nas revendas.

Eles são usados no campo há mais de quatro mil anos. Em 2.500 a.C., os sumérios já utilizavam o enxofre no combate a insetos. Os defensivos agrícolas são produtos químicos, físicos ou biológicos, usados para defender as lavouras do ataque de insetos, plantas daninhas e doenças. São também conhecidos por agrotóxicos, pesticidas, praguicidas ou produtos fitossanitários. Agrotóxico é o termo utilizado pela legislação brasileira. Um vilão? Longe disso. Foi responsável por uma revolução. Em apenas sete décadas, varreu do mapa a possibilidade de a fome matar e impedir o nascimento de bilhões de pessoas. Quando o mundo já tinha rádio, televisão, cinema e antibiótico, imaginava-se que a população não cresceria muito pela incapacidade do ser humano de produzir toneladas e toneladas de alimentos.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Entre com seu login e senha

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira