Agronotícias por Mauricio Picazo Galhardo

PEIXES. O Brasil produziu 722.560 mil toneladas de peixes de cultivo em 2018. Esse resultado é 4,5% superior ao de 2017 (691.700 t). A informação é da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) e faz parte do Anuário da Piscicultura Brasileira – edição 2019, que acaba de ser publicado. A tilápia é a mais importante espécie de peixes cultivados do Brasil.

PIB AGRO. O PIB do Agronegócio Brasileiro apresentou estabilidade em novembro, com leve baixa de 0,02% no mês, segundo pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, em parceria com a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil). No acumulado de janeiro a novembro, o cenário segue negativo para a renda do setor, com queda de 0,65%.

TRIGO. Representantes de diferentes elos do setor triticultor de São Paulo se reúnem dia 20 de fevereiro, em Capão Bonito (SP), para debater as estimativas para o plantio de trigo no estado e as perspectivas do setor para este ano na primeira reunião da Câmara Setorial. “Temos uma expectativa boa para o trigo paulista neste ano” destaca o presidente da Câmara Setorial do Trigo, Maurício Ghiraldelli.

AMÉRICA RURAL.  O Relatório sobre a Banda Larga Americana reflete o trabalho em nome dos contribuintes e mostra o compromisso do governo federal americano como um parceiro de negócios forte para o setor privado na implantação de infraestrutura de banda larga rural americana. A American Broadband Initiative também reafirma o compromisso do atual governo com a redução de barreiras regulatórias e a melhoria da qualidade de vida das pessoas que vivem na América rural.

FEIJÃO. Nas regiões produtoras do Rio Grande do Sul, o feijão 1 safra está em finalização de safra, com cerca de 74% da área já colhida. De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, divulgado dia (14/02), a exceção se dá na região da Serra, mais especificamente nos Campos de Cima da Serra, onde as áreas de produção ainda não estão em colheita devido ao período de implantação ocorrer mais tarde.

GRÃOS. A produção brasileira de grãos do período 2018/2019, segundo o 5º levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgado dia (12), deve alcançar 234,1 milhões de toneladas. Se comparado com a safra passada, o crescimento deverá ser de 6,5 milhões de t, o que representa um volume 2,8% superior. O incremento de 910,5 mil hectares, ou 1,5% a mais em relação com a safra 2017/18, também contribuiu para os 62,6 milhões de hectares estimados para a área plantada.

RENOVAÇÃO. O diretor-geral do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Daniel Carrara, reuniu-se com o diretor técnico do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Vinicius Lages, para discutir a renovação do Programa Negócio Certo Rural (NCR) e para apresentar outras iniciativas da instituição que têm sinergia com ações desenvolvidas pelo Sebrae. A iniciativa é uma parceria das duas entidades para transferir aos produtores e suas famílias, por meio de ferramentas simples de gestão, conhecimentos sobre administração de uma propriedade rural.

ÍNDIOS. Começou dia (13) a distribuição de cestas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para comunidades indígenas em situação de insegurança alimentar em Santa Catarina e no Paraná. Ao todo, serão doados mais de 100 mil quilos de alimentos, divididos em 4.800 cestas contendo produtos como arroz, açúcar, leite em pó, farinha de trigo, fubá de milho, macarrão, feijão e óleo.

PAULISTA. Nos últimos anos, a expansão da soja vem se intensificando na agricultura paulista, a ponto de tornar-se a principal cultura do período anual. Em 2017/18, por exemplo, a área de soja alcançou 958,5 mil hectares e superou a soma das áreas de milho primeira safra e safrinha, que totalizaram 904,4 mil hectares, como pode ser observado no levantamento realizado pelo IEA de Economia Agrícola e a Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati). Na safra atual, o Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Itapeva tem a maior área plantada com soja; seguido pelos EDRs de Assis, Ourinhos e Avaré.

Textos: Agrolink, USDA, Emater (RS), Conab, CNA – SENAR, Secretaria da Agricultura e Abastecimento


Compartilhar:

Email Facebook LinkedIn Twitter Print

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira