13 de julho de 2020

16º Leilão Charolês do Contestado virtual tem 100% de liquidez

Foram comercializados 61 touros e 30 fêmeas. “2087 da Pagliosa”, fêmea de 35 meses, foi valorizada em R$ 78 mil.

Diferentemente de sua tradição, a 16ª edição do leilão Charolês do Contestado, realizado na tarde de 04 de julho (sábado) em Água Doce/SC, ocorreu de forma 100% virtual. O evento promovido pelas Cabanhas Santa Lúcia (Marcus Gonzatto) e Pagliosa (Nilson Pagliosa) comercializou 91 exemplares Charolês, sendo 61 touros e 30 fêmeas. Os negócios foram feitos em 30 parcelas, ficando a cargo da Pampa Remates. A transmissão ocorreu nas plataformas digitais da leiloeira, entre elas, o canal no YouTube.

Os grandes destaques do remate foram dois lotes de fêmeas mochas PO ofertadas pela Cabanha Pagliosa. O lote 65, composto pela disponibilidade de 50% da fêmea “2087 da Pagliosa” de 35 meses, foi negociado por R$ 39.000,00, valorizando o exemplar em R$ 78.000,00. O comprador foi o selecionador Mansur José Zuchetti, titular da Cabanha Raízes de Videira/SC, que se tornou sócio da Cabanha Pagliosa na filha do reprodutor “Vagabond 2803 de Santo Izidro”. Já o lote 63, a fêmea “2018 da Pagliosa” de 22 meses, teve 100% das suas cotas vendidas por R$ 49.200,00 para o pecuarista Eduardo José Bernardis Filho da Fazenda Vista Alegre de Novo Horizonte do Sul/MS. A novilha, também é filha do reprodutor “Vagabond 2803 de Santo Izidro”. Além dessas, foram comercializadas mais 28 fêmeas pela média de R$ 9.867,86 e 61 reprodutores pela média de R$ 11.459,01. Entre os touros, o lote mais valorizado foi o de número 62, “2101 da Pagliosa” de 25 meses, vendido pela Cabanha Pagliosa por R$ 24.000,00, também para Eduardo José Bernardis Filho.

Na avaliação do criador Nilson Pagliosa (Kiko), da Cabanha Pagliosa, o leilão teve 100% de liquidez. “Foi Muito bom, o leilão está consolidado, com dois recordes de preços nas fêmeas este ano” disse. Para Marcus Gonzatto, o resultado superou as expectativas, com comercialização de exemplares para vários estados além de Santa Catarina, como Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul. “As fêmeas nos surpreenderam, com uma liquidez fantástica e preços excelentes. Além disso, tivemos muitos novos compradores e um maior alcance com a raça através deste modelo de leilão virtual” avaliou o criador.

Canal AgroRevenda

 

Papo de Prateleira

 

Newsletter

Receba nossa newsletter semanalmente. Cadastre-se gratuitamente.